Coluna da Folha

0
Foto/reprodução

Os setes prontos para o embate

Em Surubim, no Agreste pernambucano, sete candidatos já anunciaram que vão disputar a prefeitura nas eleições de novembro: a atual prefeita Ana Célia (PSB), Túlio Vieira (Podemos), Flávio Nóbrega (Republicanos), Doutor Valdir (PSC), Alex Fernando (PSOL), Adenilson Lopes (Patriota) e Júnior Aguiar (PRTB), estão no páreo, a não ser que alguém desista na reta final.

Dentre os candidatos, Flávio Nóbrega – que foi prefeito da cidade por dois mandatos, entre 2005 e 2012, pelo Partido dos Trabalhadores (PT) – poderá experimentar o maior desafio de sua carreira política, já que pretende enfrentar dois antigos aliados. Nas eleições de 2016 apoiou a atual prefeita e seu próprio filho, Guilherme Nóbrega, que é o atual vice-prefeito.

Flávio foi denunciado na época de sua gestão por improbidade administrativa e teve seus bens bloqueados pela Justiça em 2010. A Justiça também determinou o afastamento dos integrantes da comissão de licitação do município por uma suposta fraude que teria resultado no desvio de R$ 2.045.842,57.

De acordo com os promotores Rinaldo Jorge da Silva e Carla Verônica Fernandes, entre 2005 a 2007 e parte de 2008, foram abertas duas empresas para execução de serviços de engenharia com o objetivo de beneficiar correligionários e parentes do ex-prefeito. Mas tudo parece ter se tornado “águas passadas” e Flávio tenta retornar à prefeitura, agora pelo partido Republicanos. Na política é assim, as coisas mudam.

Não apoiou

Em Serra Talhada (PE), o pré-candidato a prefeito Victor Oliveira (PL) acabou não recebendo o apoio do seu tio, Thales Policarpo. Durante encontro com o grupo governista, Thales declarou apoio à petista Márcia Conrado, candidata do atual prefeito Luciano Duque (PT). Quem andou comemorando foi o candidato a vereador pelo Patriotas, Vandinho da Saúde, aliado do prefeito.

Negou

A assessoria jurídica da pré-candidata a prefeita de Solidão, Cida Oliveira (PSB), emitiu nota à imprensa afirmando que o pedido de impugnação da candidatura dela não terá sucesso. Segundo a nota, as contas de governo dos exercícios 2014 e 2016 apontadas como rejeitadas pelo Ministério Público Eleitoral na peça jurídica de sua impugnação, na verdade, foram devidamente aprovadas pela Câmara de Vereadores. “Portanto, impossível que a pré-candidata Cida Oliveira seja declarada impedida de participar das eleições de 2020”, afirmou.

Comportas abertas

A pedido do senador Fernando Bezerra Coelho, o ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, autorizou a abertura das comportas do reservatório Terra Nova, garantindo o acesso à água no Riacho Grande aos produtores rurais da região de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco.

Campanha ostensiva

Em Tacaratu, a campanha do atual prefeito, José Gerson (PSB), vem recebendo críticas da população. Segundo os moradores que procuraram a imprensa, o prefeito tem feito uma “campanha ostensiva” na tentativa de emplacar a correligionária Sandra Regina na sucessão. Afirmam eles que na busca do voto, o prefeito tem importunado até os indígenas na região. Recentemente, o MPPE deu um prazo para que o prefeito retire o excesso das cores vermelha e amarela dos prédios da administração municipal, por ser “uma clara alusão ao PSB”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome