Coluna da Folha

0

Edson Vieira sobre ação do MPPE: “Ainda não fomos notificados para apresentação de defesa prévia”

Além dos problemas causados pela crise do coronavírus, a terceira maior cidade do Agreste, Santa Cruz do Capibaribe, enfrenta um momento delicado: Enquanto o Ministério Público de Pernambuco solicita na justiça a condenação do prefeito Edson Vieira por improbidade administrativa, por violar concurso público e realizar contratações temporárias, o prefeito afirma que está aguardando a notificação da justiça para poder se defender.

Na nota enviada para esta coluna, Edson reitera que as contratações ocorreram “por excepcional interesse público para manutenção dos serviços” e que no momento oportuno irá esclarecer, amplamente, os motivos que o levaram a efetuar as contratações temporárias.

O prefeito também afirmou que em fevereiro deste ano, firmou-se um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público e o Município, estabelecendo prazo para a readequação de algumas situações encontradas no relatório do TCE, tendo a promotoria de Justiça peticionado junto à Vara da Fazenda Pública a suspensão de uma ação de improbidade administrativa originária de uma decisão do TCE no mesmo sentido.

A ação movida pelo Ministério Público de Pernambuco ameaça o prefeito de perda do mandato, suspensão dos direitos políticos, multa e ressarcimento aos cofres públicos.

NOTAS

Triste perda

Faleceu nessa quarta-feira (3), o ex-prefeito de Custódia, Nemias Gonçalves, de 67 anos. Segundo as informações ele foi picado por abelhas na sua propriedade rural de Fazenda Nova e não resistiu aos ferimentos. Nemias deixa um grande legado na política de Custódia.

Cobrança

 Depois de Lagoa Grande, foi a vez de Afogados da Ingazeira ser cobrada para ter mais transparência dos atos administrativos e das despesas realizadas em função da pandemia. O Promotor de Justiça, Lúcio Almeida, recomendou que todas os gastos devem ser disponibilizados em tempo real e de forma detalhada em um espaço específico no site da prefeitura.

Mais vereadores

A Câmara Municipal de Belo jardim aprovou por unanimidade um aumento na quantidade de vereadores da cidade, de 13 para 15, passando a valer já na próxima legislatura. Segundo a Câmara, a decisão não vai aumentar os gastos da casa e o repasse financeiro anual vai continuar o mesmo.

Rebateu

Após a queixa de que o prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota, teria abandonado a zona rural sem consertar os estragos das chuvas, Anchieta chamou de “prática obscura” o ato de cobrarem por horas máquina. Em nota, Anchieta afirma que solicitou recursos à Codevasf em abril e garante que todas as máquinas da prefeitura estão trabalhando diariamente. Declarou também que os equipamentos doados pela Codevasf estão parados em frente à casa de alguns vereadores de oposição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome