Coluna da Folha

2

Sebastião OliveiraColuna da Folha

“Ele não aguenta pressão”. De um vereador de Santa Cruz da Baixa Verde, que afirma que o prefeito pode renunciar.

Tem que rezar

Em Serra Talhada, o deputado estadual Sebastião Oliveira (PR/foto) marca em cima. Sebá não deixa nada barato e vai sempre para a ofensiva. O deputado anda pela cidade, fala na rádio, cutuca na imprensa, mas deixa sempre o seu recado e marca posição.

“Não faço oposição por fazer, por irresponsabilidade. Estou apenas atento aos problemas e deixo isso claro. Exerço a cidadania e o meu papel como legislador”.

Volta e meia, Sebá aproveita a mídia para criticar seu adversário, prefeito Luciano Duque (PT).

Dessa vez, o deputado não só criticou a administração de Duque, como também aproveitou para plantar a semente da discórdia entre ele e o governador Eduardo Campos (PSB), que esteve com Duque na sede do Incra, no Recife, nesta sexta (28).

Sebastião garante que Duque teria “obrigação” de tecer elogios a Campos. “Ele tem a obrigação de elogiar Eduardo Campos. O prefeito deveria rezar uma missa e agradecer ao governador”, disparou.

Já o prefeito parece ver com outros olhos a atuação do governador. “Serra Talhada deu 96% dos votos a Eduardo Campos. Portanto, ele precisa fazer um pouco mais por nosso povo”, respondeu o prefeito.

Infeliz

A deputada estadual Isabel Cristina (PT) decidiu retratar-se com o deputado federal Fernando Filho (PSB) por causa de um comentário feito à época da campanha a prefeito, em 2012. Na época a parlamentar disse que Fernando Filho “era ainda um menino querendo furar a fila”, referindo-se à candidatura do socialista. Mas, em nota, Isabel diz reconhecer que fez uma declaração “infeliz“.

Apertou

A cidade de Santa Cruz da Baixa Verde, governada pelo prefeito mais jovem de Pernambuco, Tássio Bezerra (PTB), amarga um início de gestão desastrosa. De acordo com informações, os servidores contratados estariam há cinco meses sem receber os salários. Os servidores da saúde e professores também não estariam recebendo seus salários. Há quem diga que o prefeito, inclusive, já fala em renúncia.

Sem festa

Depois de cancelar o tradicional carnaval de Buíque, o prefeito, Jonas Camelo decidiu cancelou também as festividades de São Pedro no município. Sem as festas, o município deverá economizar R$ 800 mil.

Com justiça

A partir da próxima segunda (1°) o município de Afogados da Ingazeira terá um novo Fórum e uma Vara da Infância e Juventude. O Fórum será inaugurado pelo presidente do TJPE, desembargador Jovaldo Nunes, que também instalará a Vara Regional da Infância e Juventude.

Oposto ao TCE

Aproveitando o recesso da Câmara Municipal de Tabira, o presidente da Casa, José Ubirajara, emitiu decreto informando ao TCE que as contas do ex-prefeito Dinca Brandino (PSB) haviam sido aprovadas. O resultado foi de 7,33, mas a Câmara “arredondou” para 7,5 e aprovou.

Primeiro encontro

Depois de ser eleita, a prefeita de Santa Maria da Boa Vista, Eliane Costa (PSL), realizou a primeira reunião com sua equipe nesta semana. Eliane quis fazer um diagnóstico da administração e planejar ações de médio e longo prazo.

Pediram

O deputado Raimundo Pimentel PSB) e o prefeito de Bodocó, Danilo Rodrigues, estiveram recentemente com o secretário de Transportes, Isaltino Nascimento, formalizando o pedido para a recuperação da Rodovia PE-545, que liga as cidades de Ouricuri a Bodocó.

Um mais um

O prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), que se cuide. Após as polêmicas com os gastos com o São João, novos contas começam a surgir e os vereadores de oposição já estão de calculadora na mão para fazer as contas.

2 COMENTÁRIOS

  1. PARA QUE QUE ESSE VEREADORES ESTAM COM A CALCULADORA NA MÃO?SE A MAIORIA SÃO DO LADO DO DOUTOR ISSO É UMA VERGONHA POIS ELES VOTAM EM FAVOR DE QUALQUER PROJETO QUE VENHA DELE SEM LERVEJA O QUE FIZERAM COM OS SERVIDORES ABSURDO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome