Clima quente: Pró-reitor de Gestão e Orçamento da Univasf pede exoneração após nova controvérsia

1

A situação político-administrativa da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) parece continuar instável da cerca para dentro da instituição, a partir do processo de judicialização para a escolha do novo reitor e vice, que se arrasta desde o ano passado. O novo capítulo dessa novela foi o pedido de exoneração do Professor Luiz Mariano Pereira, pró-reitor pró-tempore de Gestão e Orçamento.

Segundo uma fonte deste Blog, Luiz Mariano pediu o afastamento do cargo, em caráter irrevogável, por não aceitar que o reitor pró-tempore, Paulo César Fagundes, sinalize em trazer para sua gestão o ex pró-reitor de Planejamento da época do então reitor Julianeli Tolentino. Também teriam pedido exoneração, juntamente com Mariano, o pró-reitor de Planejamento e o assessor especial, pelo mesmo motivo.

A leitura é a de que Paulo César está sendo obrigado a compor com os seus algozes, que utilizaram a mídia local para chamá-lo de “golpista e interventor”. O clima por lá está fervendo.

1 COMENTÁRIO

  1. A Univasf sangra enquanto esses mentecaptos brigam por poder. Quando isso tudo passar muitos de vocês terão vergonha do que fizeram com a Universidade. Se olhem no espelho!! Deixem de ser mesquinhos e egoístas!
    Precisamos UNIR FORÇAS para tirar a Univasf desse buraco em que vocês a colocaram!!
    A Universidade precisa voltar a ser pujante no ensino, pesquisa e extensão!! Sua maior razão de ser!!
    A Universidade precisa voltar a produzir conhecimento com seus professores e alunos!!
    A universidade precisa voltar a ter um corpo de TAE forte para manter a universidade a pleno vapor!!
    Ás vezes fico a pensar… será que essa gente faz ideia da importância desta Universidade para toda Região?!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

13 − 1 =