Chegada do Imip a Juazeiro continua gerando insatisfação

por Carlos Britto // 30 de junho de 2009 às 13:00

Depois das críticas da população de Juazeiro, foi a vez do Lions Club manifestar sua insatisfação  com a decisão da administração do Hospital Regional ser terceirizada. Em entrevista ao Programa Sem Fronteiras, na manhã desta terça-feira (30), a professora Graciosa tornou público o conteúdo de uma carta que será enviada para o governador do estado e todos os deputados federais e estaduais de Juazeiro, demonstrando o seu apoio à população e reafirmando a  posição contrária do Lions.

Semana passada, no mesmo programa, o deputado estadual Roberto Carlos (PDT) também declarou ser contrário à vinda do Imip para Juazeiro. “A licitação é de um ano. Se o Imip não prestar um bom serviço o contrato, que é de um ano, não será renovado. Todo mundo é contra, ninguém gostaria que o a gestão do hospital fosse terceirizada. Eu sou literalmente contra. Só que lamentavelmente, por o hospital ser de grande porte, o governo não tinha capacidade de gerenciá-lo nesse momento”, declarou.

Chegada do Imip a Juazeiro continua gerando insatisfação

  1. Feeling disse:

    Independentemente de o IMIP ter ganhado a licitação, creio que as empresas terceirizadas são mais vantajosas devido a organização com que trabalham, possuem mais responsabilidade e isso já ocorre em outros estados e deu certo. Sendo o IMIP ou qualquer outra empresa que tivesse ganhado a licitação será de maior vantagem até mesmo porque quem vai pagar é o Gov. do Estado.

  2. luana silva disse:

    parabens a todas as quadrilhas e os cangaceiros meu amigooooooooooo

    adoro esta quadrilha por que eu faço parte

  3. Marcos disse:

    que quadrilha!? da terceirização? kkk

  4. Lima disse:

    Luana, estamos falando do IMIP e não de quadrilha?

  5. Lima disse:

    corrigindo
    .

  6. Interessada disse:

    Quem lamenta é porque queria mamar nas tetas do governo como antigamente. Será que as pessoas estão ficando cegas????????
    Ora , os politicos e os seus aliados não vão mais poder furar as filas e ganhar uns votinhos com isso. não vão mais poder sobrerpujar os pobres que necessitam do SUS e acham que é um grande favor o politico coloca-los para serem atendidos no hospital… São tantas coisas que nem vale ficar descrevendo, pq todos aqui sabem, mas não questionam ou não querem ir a fundo.
    Só o pobre precisa de SUS, e veja quem está contra! Por quem é formado o Lions ou a classe politica, santa paciencia, só de ricosssssssssssssssss
    meu Deus, socorre essas pobres almas!

  7. Fernando disse:

    Juazeirenses… não percam o bonde da história… terceirizar parte da saúde pública é a solução mais vantajosa até o momento conhecida.

  8. Gilberto Orlando disse:

    É notório a impacacidade administrativa dos governos estaduais no Brasil. Com a atual excessão de Minas Gerais, que vem se mostrando referência na área de saúde, onde Aécio Neves reformou todos os principais hospitais do estado, independente de ser em cidade ou não de prefeitura concorrente. Fora isso todos os outros estados usam a área de saúde como fonte de desvio de verba devidos as várias demandas e a possibilidade de reaproveitamento de certos tipos de materiais que escondem esses desvios de verba. Sem contrar as cooperativas de médicos que recebem sem prestar serviço. Médico que recebe sem dar o plantão. Médico que furta medicamento e equipamentos dos hospitais e postos de saúde públicos para usar em suas clínicas ou hospitais particulares…. essas coisinhas!!!! Só os idiotas dos auditores não sabem disso… Ou ganham por fora pra não saber!!!

  9. UTI disse:

    Olha aí o depoimento do Gilberto Orlando, há fundamento, não sei da administração do Estado de Minas, mas as INGERÊNCIAS do serviço público são gritantes. Os governos não querem se insdispor, pederam votos, quem os administra não é HABILITADO para isso fazer, não basta ser médico tem que ter CONHECIMENTOS ADMINISTRATIVOS, DENTRE OUTROS, sabemos também que um hospital são várias empresas numa só, ou seja, lá também existe um hotel, um restaurante de porte, uma lavanderia, empresa de limpesa, enfim…

    Apostaria numa administração diferente, em que o Estado criasse AUTARQUIAS, onde desse uma atenção diferenciada aos serviços hospitalares.

    Não conheço o IMIP, sei que a administração no Hospital Dom Malan é precária, como sempre foi. Apostaria noutras instituições instaladas na Bahia, como os Hospitais Santa Izabel e o São Rafael, são hospitais filantrópicos e que funcionam muito, mas muito bem, estão aí para quem quizer comprovar.

    No mais, não é uma pessoa que administra um hospital deste porte, é uma grande equipe, que tem que ser especializada, não desmerecendo nenhum profissional.

    Mas complementando o que o Gilberto falou, em hospital público até os médicos levam remédios, materiais, e não assumem suas responsabilidades, não tem quem os cobre, PENSEM NISSO…

  10. O falador disse:

    FORA IMIP

  11. Ei! disse:

    Minha gente… até que ponto chega a “santa ignorancia” das pessoas,professora Gracisa!!!???? Usanso o nome doLions?Uma organização mundial, aliás talvez uma das pioneiras em globalização??? Vcs foram gestores publicos e sabem, abrir licitação entra empresas de todos os locais do país, desde que estejam interessadas e aptas ao que se pede.
    Muito me admira a profa. Graciosa falar de Pernanbuco, pelo que sei todos os seus filhos foram formados em RECIFE. Quem estará por traz disso? Qual o interesse mesmo dos que se apresentaram em nome do LIONS? Foi simplesmente ridúculo o manifesto. Interessante que foi após publicação do Edital de seleção pelo IMIP. Será que pensaram que iam continuar manipulando os cargos publicos? Indicando parentes e a mesma panelinha de sempre? Pelo amor de DEUS e ainda tem babaca achando certo o manifesto. Vão procurar o que fazer, croché, tricô,voluntariado sem interesse etc.
    Por não falam daparte boa, são 600 novos postos de trabalhopara a cidade, mesmo que venham profissionais de foraé bom para a cidade essas pessoas irão fazer crescer a cidade etc. E essemnifesto feitopor pessoas antigas da cidadeque sempre foi conhecida como hospitaleira!? Que vergonha, é assim que se recepciona uma instituição decredibilidade internacional que chega a nossa cidade. Não dá pra aguentar ouvir e ler tanta asneira.

  12. maria das graças disse:

    Lamento muito o governo de wagner optar por este tipo de gestão terceirizada em detrimento de fortalecer a esfera pública. Acredito que a gestão píblica pode ser sim eficiente desde que haja vontade e compromisso. O problema é que os governos fazem questão em enfraquecer o que é público, reiterando vícios, pagando mal os funcinários, favorecendo ao sucateamento, não se preocupa com fiscalização. Acredito que existe muita gente honesta e competente para gerir um hospital como este. O governo investe milhões em reformas, melhora o equipamento e depois uma fundação administra?!?! O mesmo aconteceu com o Hospital Martagão Gesteira (o único pediátrico do estado da Bahia); o governo investiu no hospital e agora existe uma parte que serve o público e outra parte que serve a planos e consultas particulares, curiosamente a reforma do hospital foi realizado com dinehiro público, mas o pessoal do SUS nem pisa na ala particular do hospital. Outro exemplo é maternidade de referência, que agora é administrada pela Santa Casa; e as pessoas simplemente fecham os olhos para o que acontece lá.
    Da mesma forma que existem pessoas que olham com desconfiança para a administração pública; eu olho com desconfiança a administração privada, ela não é garantia de eficiência não!

  13. Mi disse:

    Bem, não sei até onde vai essa não interferência política nesse processo seletivo, ou o que é, mas no mínimo é de desconfiar nessa agilidade de correções, além do mais no edital não constam todos os cargos disputados como assistente administrativo, por exemplo, e o resultado final apresenta divergências nos números de incrição, além de a lista apresentar ordem alfabética e de classificação ao mesmo tempo!! Só se pode desconfiar que algo muito cabeludo tem por trás!!!

  14. carlos eduardo disse:

    Só queria comentar o absurdo que acontece no setor DTI no imip, desvio de peças, monitores e impressoras, hs, memoria, tudo com a convinieencia do chefe do setor, ate quando isso vai continuar, trabalho no imip e esse é um dos absurdos que acontece lá

  15. carlos eduardo disse:

    esquice de falar que é no imip de recife

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *