Centro Pop em Petrolina incentiva reinserção de moradores de rua ao mercado de trabalho

3
Foto: Jonas Santos/PMP SEDESDH divulgação

Devolver a dignidade à população em situação de rua em Petrolina através da reinserção no mercado de trabalho. Essa tem sido uma das metas da prefeitura, por meio da equipe do Centro Pop. O diálogo com empresas e o apoio dado aos moradores de rua estão ajudando a mudar a realidade de alguns deles.

Para quem vive assim, o preconceito social é uma das maiores barreiras em relação ao convívio na sociedade. O que muita gente não sabe é que alguns desses andarilhos já tiveram diversas experiências profissionais e que estão em busca de novas oportunidades.

José Antônio Oliveira, 38 anos, natural de Garanhuns (Agreste pernambucano), é uma dessas pessoas. “Eu sei fazer muita coisa nessa vida. Já trabalhei no campo; como ajudante de cozinha; já fui vendedor de picolé e até consigo construir uma casa inteira porque entendo de planta de obra. O que me faltam hoje são as oportunidades de reconstruir minha vida. Arrumar um trabalho vai me ajudar a sair dessa situação“, explica.

Desde 2017 a gestão municipal tem estimulado empresas e, principalmente, os moradores de rua cadastrados no Centro Pop a buscarem oportunidades de emprego. “Inseridos no mercado de trabalho essas pessoas se sentem úteis e confiantes a saírem da vida nas ruas. A prefeitura tem nos dado suporte para estreitar esse diálogo com instituições e com o comércio local. Para quem vive nas ruas, um novo trabalho é sinônimo de dignidade”, explica a coordenadora do equipamento, Lilian Cavalcanti.

Vidas Coletivas

Lançado em setembro deste ano, o projeto está estimulando, por meio de atividades socioculturais, de qualificação e lazer, formas de buscar novamente a autoestima das pessoas que tiveram contato com crack e outras drogas ilícitas. Um dos locais assistidos é o Centro Pop. O espaço fica localizado na Rua Padre Fraga, nº 395, Centro de Petrolina, e funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. O telefone para contato é o (87) 3983-1016. As informações são da assessoria da PMP/SEDESDH.

3 COMENTÁRIOS

  1. e louvável essa atitude de tirar as pessoas das ruas e redicionar a um trabalho digno para a sua sobrevivência e tornar um cidadão de bem, parabéns ao prefeito, agora eu te pergunto e quanto os outros que tem sua famílias suas residençias suas profissões mas acima de tudo estão desempregados no meu caso, que vocês poderão fazer para relocar essas pessoas no mercado de emprego por exemplo a agençia do trabalho nunca tem vaga sou cadastrado e nunca foi convocado, apesar que sempre ando na agençia.obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome