Casos em investigação da Varíola dos Macacos em PE chegam a 132

por Carlos Britto // 16 de agosto de 2022 às 07:39

Foto: Dado Ruvic/Reuters

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) atualizou ontem (15), os casos notificados envolvendo a Varíola dos Macacos (Monkeypox) em Pernambuco. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde (CIEVs-PE) contabiliza, até o momento, 157 notificações – sendo 132 casos ainda em investigação, 15 confirmados e 10 casos descartados.

Do total das notificações, 15 pacientes tiveram confirmação laboratorial para a Monkeypox e envolvem pessoas residentes nos municípios de Recife (10), Jaboatão dos Guararapes (3), Paulista (1) e Petrolina (1). As faixas etárias são de 20 a 29 anos (8), 30 a 39 (5) e 40 a 49 (2). Todos são do sexo masculino. Com esta nova atualização, os casos importados, anteriormente confirmados, de residentes do Rio de Janeiro (1) e São Paulo (1) passam a ser contabilizados por seus respectivos Estados.

Em todos os casos confirmados, as equipes de vigilância conseguiram identificar vínculo epidemiológico entre os pacientes e pessoas que apresentaram histórico de viagem e/ou que se deslocaram para fora do Estado, em locais que já confirmaram transmissão autóctone da doença. Dos confirmados, todos estão em isolamento domiciliar.

Em investigação

Já os 132 casos em investigação são de residentes nos municípios de Olinda (18), Recife (14), Jaboatão dos Guararapes (13), Paulista (10), Pesqueira (9), Limoeiro (7), Belo Jardim (5), Abreu e Lima (4), Carpina (4), Vitória de Santo Antão (4), Araripina (3), Cabo de Santo Agostinho (3), Caruaru (3), Bom Jardim (2), Buíque (2), Floresta (2), Gameleira (2), Ipojuca (2), Petrolina (2), Afogados da Ingazeira (1), Alagoinha (1), Araçoiaba (1), Bodocó (1), Cabrobó (1), Camaragibe (1), Ferreiros (1), Garanhuns (1), Goiana (1), Ilha de Itamaracá (1), Inajá (1), Lagoa do Carro (1), Nazaré da Mata (1), Palmares (1), Paudalho (1), Pedra (1), São João (1), Serra Talhada (1), Surubim (1), Tacaimbó (1), Timbaúba (1), Venturosa (1) e Vertentes (1).

As faixas etárias são de zero a 9 anos (12), 10 a 19 (29), 20 a 29 (26), 30 a 39 (26), 40 a 49 (16) e 50 a 59 (15) e 60 ou mais (8), sendo 79 do sexo masculino e 53 do feminino. Os casos notificados estão sendo acompanhados pelas equipes de vigilância epidemiológica municipais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.