Caso Beatriz: Grupo remarca data para nova mobilização

4

manifestacao-de-fe-beatrizA ‘Manifestação de Fé’, organizada pelo grupo ‘Beatriz Clama por Justiça’, que aconteceria nesta sexta-feira (14) e foi adiada, já tem uma nova data para acontecer: na próxima sexta (21), às 18h30, na Praça Dom Malan, ao lado da Catedral, Centro de Petrolina.

O objetivo é pedir justiça para o crime, que completou dez meses sem nenhum desfecho até o momento. Beatriz Angélica Mota, então com sete anos, foi morta com 42 facadas no dia 10 de dezembro do ano passado, nas dependências do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Centro da cidade, durante um evento de encerramento do ano letivo.

4 COMENTÁRIOS

  1. Quero saber se a Policia cientifica juntamente dos Delegados tenha uma linha de investigação porque isso é muita incompetência de uma Policia. Que crime perfeito é esse? Ou a Policia não tem Interece em disvendar esse crime que chocou a sociedade. VERGONHA ESSA NOSSA POLÍCIA

  2. Sabemos que é um caso difícil, mas a polícia deve ter algum suspeito, não não é possível, que não resolva esse caso, nesse momento estou desacreditada, a violência nessa cidade só aumenta, fico com medo de sair de casa, cadê a polícia dessa cidade minha gente, só tem policiamento pra comer bola é.

  3. Prezados Pais de Beatriz,

    Quero deixar uma sugestão: Se esse caso continuar sendo tratado nesse nível de investigação será difícil a sua resolução, então quero deixar uma sugestão: é preciso fazer perguntas mais contundentes a muitas pessoas. Então tendo visto reportagem (17.10.16) às 23:30 na GloboNew com o reporte investigativo do The Boston Globe, acho que o Sr. Walter V. Robinson, tem credenciais e qualidade para ajudar nesse caso. Foi ele que chefiou a equipe que investigou e solucionou o caso dos padres católicos pedófilos em Boston. É difícil?? não tem nada fácil, principalmente num contexto desse.
    Grande abraço,

  4. Que tal o governo de Pernambuco solicitar que a polícia espanhola dê um minicurso intensivo a sua polícia de petrolina, dou o conselho baseado na rápida descoberta de quem matou a família brasileira em Pioz.
    Eles identificaram o assassino através de minucias, assim oh:
    ” Uma gota de suor no chão da casa levou a seu DNA, com a mesma sequência obtida de um fio de seu cabelo. Uma impressão digital oculta sob a fita isolante com a qual amarrou os seis sacos de lixo onde colocou os corpos degolados e esquartejados coincide com a sua, a mesma que foi encontrada no cabo de uma frigideira na casa.a. As mensagens enviadas para seu celular o colocam, em 17 de agosto, nessa casa que seus tios acabavam de alugar. O registro de seu passe de transporte indica que ele pegou um ônibus com destino a Guadalajara naquele dia e voltou na manhã seguinte. Câmeras gravaram imagens dele no caminho de ida até Pioz, onde, calcula-se, chegou por volta das 15h, no último dia em que colegas lembram de ter visto seu tio.”
    Competentes né?!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome