Casal suspeito de assassinar taxista em Petrolina é preso no Piauí

4
Foto: WhatsApp/reprodução

Policiais militares do Piauí prenderam, na cidade de Picos (PI), um casal suspeito de envolvimento no assassinato de um taxista em Petrolina. A vítima é Ileno Alexandre da Silva, de 54 anos. Ele estava desaparecido desde o dia de ontem (1), levando a família a se mobilizar por notícias sobre seu paradeiro.

De acordo com informações divulgadas através do WhatsApp, o casal foi detido após deixar a cidade de Simplício Mendes (PI) no veículo roubado do taxista. O carro apresentou defeitos mecânicos durante a viagem e acabou guinchado até um posto de combustíveis de Simplício Mendes. O casal, então, foi obrigado a pernoitar na cidade, mas levantou suspeitas.

Os bombeiros acharam estranho, porque o carro foi deixado com os vidros abertos, num local escuro, atrás de uma máquina retroescavadeira. Eles dormiram numa pousada perto de um posto vizinho. No outro dia colocaram o carro na oficina, e por volta de uma quatro da tarde o carro foi ajeitado e eles foram embora”, informou um policial. Ainda segundo relatos do policial, o suspeito falava que precisava chegar logo a Picos para vender o carro.

Com essas informações, a polícia conseguiu localizar o casal assim que chegou  ao seu destino. O homem, então, confessou ter assassinado o taxista e deu detalhes do crime. Policiais do Piauí deverão trazer ainda na tarde hoje os dois para Petrolina, para que digam onde o corpo de Ileno foi deixado.

4 COMENTÁRIOS

  1. O que fazer com duas desgraças dessas,por isso tem que ter pena de morte para estas almas de satanás,mataram um pai de família ,pior de tudo na paulada ,imagina o sofrimento do coitado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome