Carro zero deverá ter cinto de 3 pontos a partir deste mês; outras regras já estão valendo

1
Foto: Ilustrativa

O mês de janeiro já começa com uma nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que obriga os carros novos vendidos no Brasil possuírem cinto de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes do veículo. A normativa passa a valer a partir do dia 29 e demanda ainda que os carros ofereçam fixação do tipo Isofix para cadeirinhas.

Para os especialistas, o cinto de três pontos promove uma maior proteção aos passageiros – quando comparado ao padrão normal subadominal que alguns automóveis têm na posição central do banco traseiro, que tem apenas dois pontos de fixação. Segundo eles, mesmo parecendo algo banal, o encosto da cadeira garante maior apoio ao pescoço, no caso de colisões.

A resolução também apresenta uma nova regra que já está valendo. Ela torna obrigatório que os veículos lançados a partir desde ano tragam, já de série, controle de estabilidade. A lei vale para os modelos inéditos e para os que passaram por grandes mudanças, como troca de geração.  (Fonte: JC)

1 COMENTÁRIO

  1. Todos anos órgãos de trânsito ficam estudando novas formas de tirar dinheiro dos condutores e, até criando meios para “empresários específicos” ganharem dinheiro em cima de itens obrigatórios, logo vão exigir o uso de capacete nos veículos, joelheiras, sapatos especiais e ai vai. Porque estes órgãos não obrigam montadoras fabricarem veículos mais resistentes? Isso não, envolve custos e, o mais importante é lucros exorbitantes e não vida do condutor. Os veículos de hoje são fabricados com “carcaças” de plástico, completamente frágil, se houver um acidente onde o veículo fique de rodas pra cima, ele vira uma “prancha” mata todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome