Carne clandestina é apreendida pela vigilância sanitária em Petrolina

por Carlos Britto // 26 de dezembro de 2022 às 14:09

Foto: Vigilância Sanitária

A fiscalização da  Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS) de Petrolina apreendeu, aproximadamente, 300kg de carne abatida de maneira clandestina e armazenada em desacordo com as normas sanitárias para o consumo, neste final de semana. Os locais fiscalizados foram dois mercadinhos nos residenciais Monsenhor Bernardino e Vivendas. Os estabelecimentos, além de armazenamento inadequado, estavam com produtos vencidos e sem autorização para funcionamento atualizado.

No mercado do Monsenhor Bernardino foram 180 kg de carne clandestina, o produto não possuía certificado de abate e nem registro. Durante a fiscalização muitos produtos foram encontrados com data de validade vencidas e o alvará sanitário sem renovação, o que resultou na interdição do espaço. Já no Residencial Vivendas foram apreendidos 110 kg de carne por não apresentar registro de abate.

Os produtos foram doados para o Zoológico do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado. Para o diretor-presidente da AMVS, Marcelo Gama,  a fiscalização objetiva segurança ao consumidor. “O trabalho da Vigilância acontece diariamente e conta com a parceria da população, que está atenta aos produtos e qualquer irregularidade identificada aciona para inspeção. As fiscalizações têm por finalidade a segurança alimentar dos consumidores, por isso, quando apreendemos materiais clandestinos é feita a destinação correta. Muitas vezes fazemos as doações para o zoológico do Exército, já nos casos em que as carnes estão em processo de decomposição são encaminhadas para o Aterro Sanitário”, destacou Marcelo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.