Capim Grosso: Prisão de assassinos de mototaxista é marcada por gritos de “vai morrer”

0
Foto: reprodução

Policiais militares da Bahia prenderam ontem (21) em Capim Grosso, norte do Estado, dois dos três acusados de assassinar o mototaxista Ezimar Cerqueira dos Santos, de 35 anos. O corpo dele foi encontrado ainda na manhã de ontem, em uma área perto de um açude.

Segundo o site Jacobina Notícias, desde a última sexta-feira (17) Ezimar estava desaparecido, quando saiu para atender um chamado de um suposto cliente. A primeira suspeita da polícia surgiu no distrito de Novo Paraíso, em Jacobina, na mesma região, no último domingo (19), quando a moto da vítima foi encontrada já com outra placa.

Um dos detidos confessou o crime e apontou o local onde o corpo foi deixado. O clima era de revolta generalizada em Capim Grosso, já que Ezimar era muito conhecido na cidade. Vários populares cercaram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h local, para onde um dos presos foi levado antes de seguir para a delegacia. Ao ser retirado da viatura pelos PMs, ele ouviu gritos de “vai morrer!”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome