Cantora é expulsa de palco e prefeito se justifica em Tracunhaém

por Carlos Britto // 04 de julho de 2022 às 11:30

Foto: Reprodução

Ainda repercute em Pernambuco o que aconteceu em Tracunhaém, na Zona da Mata, na noite do último sábado (2), quando a cantora Tayara Andreza anunciou durante sua apresentação, que estava sendo “expulsa” do palco pelo prefeito da cidade, por não mandar ‘alô’ como estava sendo solicitado pela equipe da gestão municipal.

No entanto, no dia seguinte, o prefeito Irmão Aluízio (PL) gravou um vídeo em suas redes sociais dando a sua versão do ocorrido. Ele disse que não estava no local durante o show e não pediu a ninguém que usasse o seu nome para que tirasse a cantora do palco.

Eu estava em casa no momento do show, dormindo com a minha família. Não autorizei ninguém a usar meu nome para tirar a cantora do palco. Já conversei com ela e chegamos a um entendimento”, declarou, anunciando que pediu o afastamento do secretário de Cultura, a quem atribuiu a responsabilidade pelo desentendimento e pediu desculpas à cantora e seus fãs.

Confiram no vídeo abaixo:

Cantora é expulsa de palco e prefeito se justifica em Tracunhaém

  1. sempre ocorre isso. o prefeito diz que nao estava la,mas deixa os puxa sacos para chantagear os artista.

  2. ferreira disse:

    A corda sempre rompe do lado mais fraco

  3. petrolinense nato disse:

    De Petrolina a Recife: tudo igual

  4. Edilberto disse:

    É ISSO QUE PRECISA ACABAR NA POLÍTICA DO PAIS, VAMOS DENUNCIAR ESSES “CORONÉS” ultrapassados. Esses prefeitos modelo Odorico Paraguaçu do seriado da Globo. Não evoluíram, continuam se achando donos da cidade e do povo, não passam de um funcionário público, como outro qualquer. O voto do eleitor acaba essa farra anti povo.

  5. JOSE PEDRO QUIRINO disse:

    É a velha história do pau mandado. Muito comum em cidades controladas há décadas por um clã famíliar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.