Candidatos a prefeito de Petrolina mantêm o roteiro em último debate antes das eleições

21

debate candidatos prefeito petrolina

Sem a presença de Perpétua Rodrigues (PSOL), que disse não ter recebido convite da TV Grande Rio, os outros quatro candidatos a prefeito de Petrolina – Odacy Amorim (PT), Miguel Coelho (PSB), Edinaldo Lima (PMDB) e Adalberto Cavalcanti (PTB) – não saíram do roteiro no último debate entre eles, promovido na noite de ontem (29) pela emissora. Mediado pelo jornalista Paulo Roberto Soares, o debate foi dividido em quatro blocos. O que ainda rendeu certa polêmica foi justamente quando um teve direito de formular perguntas ao outro.

Liderando as pesquisas de intenções de voto, Miguel Coelho foi o ‘alvo’ dos demais adversários. Mas evitou, como já vem fazendo, entrar em provocações. Disse que durante toda sua campanha, procurou apresentar aos petrolinenses o que eles mais querem: ver o município voltar a crescer novamente. Destacou as visitas que fez a algumas cidades do país, exitosas em investimentos nas áreas essenciais como educação e mobilidade urbana, e pretende fazer o mesmo no município. O socialista também pregou a humildade para dizer que não vê nada demais em implantar o que deu certo não só nessas cidades, como em gestões municipais anteriores à atual.

Odacy Amorim ressaltou que todas as suas promessas de campanha foram registradas na Justiça Eleitoral, assegurando que irá cumprir todas elas, caso seja o novo prefeito. Um dos principais pontos destacados pelo candidato será levar água tratada às comunidades dos perímetros de irrigação, que há mais de 30 anos reivindicam esse item. Alegou também que a Compesa, responsável pelo serviço de abastecimento d’água e saneamento, não honrou com o termo de compromisso para garantir as melhorias necessárias aos petrolinense nesse setor, e por isso vai criar a Empresa Águas de Petrolina.

Adalberto Cavalcanti saiu disparando críticas contra tudo e todos. O candidato voltou a lamentar a situação de áreas como saúde e segurança pública e prometeu, caso eleito, acabar com o que chamou de “farra da terceirização” das gestões municipais em Petrolina.

Candidato que representa a continuidade do atual governo, Edinaldo Lima garantiu ter o conhecimento necessário, com a experiência que adquiriu ao lado do prefeito Julio Lossio, para implementar ações de melhorias que não puderam ser feitas com Lossio. Um dos itens destacados por Edinaldo é o programa ‘Petrolina Saneada’, que pretende colocar em prática após a prefeitura retomar o serviço da Compesa.  O debate só terminou por volta da meia-noite. (foto reprodução/TV Grande Rio)

21 COMENTÁRIOS

  1. o candidato Adalberto fala em dar qualidade a saúde pública de petrolina e a cidade que ele governou e a esposa governa vive a mandar varias ambulâncias com doentes diariamente para petrolina e juazeiro. é comum ver varias ambulância e ônibus de Afrânio circulando em nossa cidade numa demonstração clara que a terra do candidato é dependente e viciosa de petrolina. no debate chega a ser ridículo quando fala e debate e sita números (falou a palavra 60 milhões 04 vezes em menos de 20 segundos. Adalberto petrolina é grande sua cidade e minuscula e se governa por telefone ,dados aos problemas serem sempre os mesmo( carro pipa,ambulância para petrolina) você sera o 4 colocado é só esperar.

  2. As cidades que Miguel cita como “exemplos exitosos” são cidades onde o endividamento bruto chega aos 50%. Todos sabemos os males que um crescimento baseado no endividamento e no déficit no orçamento pode provocar. Hoje o endividamento de petrolina não chega aos 20%. Aí eu te pergunto: queremos mesmo um modelo de gestão onde o endividamento é o carro chefe do desenvolvimento, e estamos vendo os resultados nefastos desse tipo de artifício na atualidade, com várias cidades e estados Brasil a fora com a corda no pescoço, dando calote em tudo o que é credor, e com piora na qualidade e na oferta dos serviços públicos devido a falta de recursos?

    • liste as cidades que estão endividadas para pesquisamos, e diga como se deve governar petrolina e suas prioridades e qual é o candidato ideal para petrolina desses que ai estão . um eu já sei que que você não quer o Miguel.

      • São Paulo e Belo Horizonte são as citadas por Miguel.

        Se você sabe interpretar análise de demonstrações contábeis procure aqui:
        http://www.tesouro.fazenda.gov.br/pt_PT/indicadores-fiscais-e-de-endividamento, baixe as planilhas e procure por estas cidades, relação DCL/RCL. Este site é mais confiável em suas informações por ser órgão técnico do governo.

        https://meumunicipio.org.br/eleicoes2016, na aba “perfil do seu município” procure pelas cidades citadas acima, e acesse a aba “indicadores”.

        • Miguel Coelho o melhor sem duvidas… Eu como cidadã preciso é de obras de melhoria para a cidade… Trabalhei lá dentro nos últimos 7anos e tinha endividamento da mesma forma e muuuito viu… Não adianta, melhor dever e fazer, doq dever e embolsar o $ depositando na conta do filho… Aliás só uma coisa, não sou contadora nem administradora preciso e do desenvolvimento da minha terra, prefeito é pra isso mesmo ele que administre o dinheiro e ponto final!

          • O problema não é a existência e sim o tamanho do endividamento, pois não existe dívida sem juros por que ninguém é besta para emprestar dinheiro a alguém sem ganhar algo com isso. Quanto maior for a sua dívida, menos dinheiro você terá em mãos para investir/custear outras coisas, uma vez que você tem despesas que não podem ser cortadas e que sofrem aumentos anuais, diminuindo a capacidade de liquidez da dívida, fazendo com que os juros disparem e aumentem a dívida no longo prazo. É melhor ter um elevado nível de poupança interna, cortando gastos excessivos para evitar tomar empréstimos a juros altos, e assim pode-se fazer obras sem prejudicar o equilíbrio das contas públicas, uma vez que um orçamento deficitário pode ser mais prejudicial a sua cidade do que você imagina. Eu quero desenvolvimento para a minha cidade, mas desenvolvimento saudável com equilíbrio entre receita x despesas, e não um monte de obras eleitoreiras feitas com empréstimos a juros altos que prejudicam o orçamento, para depois não ter como pagar às dívida, e ter que dar calote nos credores. Quanto ao suposto “embolso” ajude o cidadão petrolinense fazendo uma denúncia ao MP, o site é esse logo abaixo:
            http://www.mppe.mp.br/mppe/index.php/institucional/ouvidoria-institucional

  3. Qualidade no serviços é o que ainda falta e muito em Petrolina. As grandes obras sumiram. Governar Petrolina igual governa Afrânio é piada, não que Afrânio seja uma piada, mas esse candidato sim. Governar com assistencialismo, para deixar o povo dependente e depois cobrar voto dele por isso é política velha e barata. As obras Sr. Adalberto, tem que ser definitiva. Não é levar uma esporádica unidade móvel e sim o atendimento definitivo. Para isso é eleito o político, para o bem comum e não para o assistencialismo. Desculpe-me quem vota, mas candidato fraquíssimo. Não apresentou proposta é um a menos na minha lista de dúvidas.

    • Muito bom o debate. Pude ver quem está preparado para governar nossa cidade. Chega de propostas genéricas, “vamos melhorar a saúde”, “vamos melhorar a segurança”, sim, vamos, mas como? Apenas um candidato mostrou conhecer a região e suas dificuldades, atacando os problemas nos detalhes e mostrando como fazer. Acho uma forçada de barra muito grande, montar um plano de governo de 3 páginas para um recifense que nunca morou em Petrolina dizer que está preparado. Esse se não usar o waze se perde fácil por aqui.

  4. Vou usar a mesma palavra do candidato ADALBERTO. É “Lamentável” ver um candidato sem propostas para uma cidade como PETROLINA. Sou eleitora e ao perder meu sono pra ver tão arrogantes comentários. Ainda bem que a Educação prevalece nos demais candidatos, pq várias vezes ele usou a arrogância pra afetar o EDNALDO chamando-o de “afilhado” do prefeito. Quando se dirigiu a Odacy já foi falando em PROVAR. Com certeza hoje, sairá mais um PROCESSO dos tantos que ele faz com o povo e como deixou claro que tbm entrou na justiça contra a TV Grande Rio no dia que ele foi o entrevistado. Não esqueço de ( 4 )colegas de profissão em Afrânio que também sofreram processo por parte da esposa dele, a PREFEITA da cidade. Durma-se com um barulho desses. Voto em Petrolina e decidi ontem em quem vou votar. Parabéns aos que souberam debater e apresentaram suas propostas.

  5. Concordo EleitoraConsciente. Ontem tive toda a certeza de em quem não votar. Política assistencialista é política antiga e ultrapassada. As pessoas tem que entender que o político deve fazer pelo bem comum e não ficar conseguindo uma ambulânciazinha para aquele que na sua dor recorre e acha que o cara é bom por isso, assim como uma esporádica unidade móvel. Ele tem que conseguir o atendimento definitivo. Esse é o papel dele. perdeu a oportunidade de mostrar o que quer para Petrolina, mas atacando, sendo baixo com todos os outros. Afrânio não é essa mil maravilha que ele pinta. Caso fosse não precisaria de muito suporte de Petrolina. E olhe que ele e os seus estão mandando lá faz tempo.

    • CERTEZA!!! Mandam lá a mais de 40 anos inclusive todos da família ocupam os melhores cargos. É verídico! Mas assim como ele mesmo diz e usou muito ontem. É “LAMENTÁVEL”. Esse ano tudo vai mudar também em Afrânio. Assim o povo por lá esperam.

  6. Fique extremamente decepcionado com o candidato Adalberto Cavalcante. Passou o tempo todo criticando sem apresentar nada de concreto. As propostas dele não são fundamentadas. Acho q ele vai se prejudicar até em sua eleição para deputado. Muito fraco.

  7. Ótimos comentários, pena que nem todos os petrolinenses assistiram ao debate, que ao meu ver foi repetitivo, porém deu para conhecer um pouco o perfil de cada candidato. Petrolina é uma grande metrópole que atrai investimentos, que cresce de dentro pra fora, que chama a atenção dos governos estadual e federal. ao meu ver todos são bons candidatos, porém alguns com melhores qualidades para administrar a cidade. Não adianta pegar grandes empréstimos e contrair grandes dívidas, o próximo governante precisa entender que o povo quer qualidade de vida para ele e seus familiares.
    Votem em quem quiser, eu escolhi ontem, votarei no mais tranquilo, no mais sensato aos problemas da cidade!

  8. JOSÉ Francisco; parabenizo os que fazem a TV- grande rio; pela forma segura do debate realizado nesta quinta-feira-29-09-2016; as propostas; define ;o mais competente a substituir o atual prefeito;e alguém com propostas modernas;visando modernizar cada vez mais petrolina; que no dia dois-10-2016 seja eleitos os mais preparados; para o bém de todos

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome