Cancão critica vídeo com acusações a governistas sobre suposta proprina de empresa de ônibus e deixa recado para oposição

13

A proximidade da campanha municipal elevou a temperatura política na Câmara de Vereadores de Petrolina durante a sessão plenária desta quinta-feira (24). O motivo foi um vídeo que circulou semana passada nas redes sociais, sugerindo que a bancada governista teria pegado um ‘toco’ (propina) da empresa de ônibus Atlântico para tentarem renovar seus mandatos nas eleições deste ano, em troca da aprovação de um projeto de lei enviado pelo prefeito Miguel Coelho (MDB). A matéria pedia autorização da Casa Plínio Amorim para desobrigar a Atlântico do pagamento de R$ 4 milhões em encargos durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Me senti ofendido. Primeiro porque nunca fui, nem sou corrupto. Tratem de respeitar a minha história. Esse vídeo é leviano”, disparou Cancão.

Segundo o governista, a prefeitura “nunca deu nada a ninguém”. Ele justificou que a Lei Federal 13.979 deste ano dá respaldo às empresas do setor a terem subsídio. “Aqui, de forma indecente, tem vereador que fala que nós patrocinamos as empresas de ônibus. É mentira. Não vou estar em público e vir senhora de idade me perguntar se eu fui pegar dinheiro com empresa de ônibus. Não sei nem que é dono de empresa de ônibus (em Petrolina), e nem quero. O único proprietário de ônibus que conheço e mora em Petrolina há mais de 70 anos é Eurico de Sá Cavalcanti, e isso porque todos nós conhecemos”, completou.

Cancão deixou claro que se há outras categorias reivindicando também o subsídio, a exemplo dos taxistas, mototaxistas e do transporte alternativo, que se organizem e peçam ao Executivo porque a lei federal garante. O governista frisou ainda que os R$ 4 milhões aprovados à empresa são divididos em pouco mais de R$ 400 mil até dezembro deste ano. “Esse subsídio o governo federal vai repassar ao município”, afirmou.

Falta de decoro     

Cancão adiantou também que irá interpelar judicialmente os vereadores oposicionistas que insistirem na informação equivocada. “Vou pedir a punição do vereador pela falta de decoro parlamentar, porque o vídeo que circulou diz que nós fomos pegar dinheiro na empresa. É uma acusação leviana”, completou.

13 COMENTÁRIOS

  1. Rapaz um subsídio desse em epoca de eleicao levandta msm uma grande suspeita…Mas que o Vereador que o acusou que prove a veracidade.
    Agora é muito estranho o Vereador Ronaldo se doer assim… Mas tudo na justiça se resolve.
    E Quê o vereador saiba que essa Camara de vereadores inuteis e salarios será renovada em 70%

  2. Para quê dar subsídios para empresas privadas? Ela participou de licitação, ganhou, então arque com todos os ônus também.
    Essas empresas só querem bônus.
    Tem que acabar com essa bandalheira de governo ter que ficar subsidiando empresa privada. Se não tem condições de arcar com os ônus do serviço, pegue o chapéu e tchau, dê o lugar para quem queira realmente trabalhar.
    Quanto a esses vereadores, porquê essa finura? Se estão certos, porque se ofenderem?
    Gabriel Menezes fez muito bem, vocês são empregados do povo e a esse povo devem satisfação de cada atitude que tomam enquanto vereadores.

    • Meu TB. Tem que mudar, principalmente essas rapozas e cancões velhos que já estão a anos improdutivamente nessa casa, além de TDS outros cargos políticos que já ocupou. Chega de ganhar as custas do povo e alisar de cargos por favores politicos

Deixe uma resposta para Dante Galvagni Cancelar resposta

Comentar
Seu nome