Cancão chama Gabriel Menezes de “bobão” e lamenta ausências de Cristina Costa e Professor Gilmar em confraternização da Câmara

13

O clima de confraternização da Casa Plínio Amorim, realizada nesta tarde no Clube da Aesa, Bairro José e Maria, na zona norte de Petrolina, foi quebrado por mais uma polêmica declaração do vereador governista Ronaldo Cancão (PTB). Sem esconder o aborrecimento pelas ausências de alguns colegas de Legislativo, Cancão fez um discurso incisivo, mesmo a contragosto do presidente Osório Siqueira (PSB).

O recado foi sobretudo para os oposicionistas Cristina Costa (PT), Professor Gilmar Mendes (PT) e Gabriel Menezes (PSL) – este último chamado de “bobão” pelo governista.

A hora não é de dividir, é de confraternizar e esquecer os problemas”, declarou Cancão.

Ele revelou que, após a última sessão plenária do ano, nesta quinta, dirigiu-se aos gabinetes do Professor Gilmar e de Cristina Costa no intuito de convidá-los para a festa da Câmara. “Procurei Gilmar e lhe disse: professor, o senhor é grande, capaz e inteligente. Vá para nossa confraternização. Da mesma forma procurei a vereadora Cristina e lhe disse: professora, a senhora nunca foi um divisor de águas, nunca dividiu oposição e situação. Nós nos digladiamos politicamente, mas não pessoalmente”, desabafou.

Bobão”

Já sobre Gabriel Menezes, Cancão não aliviou nas críticas. Tachando o colega de “bobão”, o governista afirmou não ter “palavras para dar a quem prefere o ódio do que a coletividade e o espírito natalino”. “Ele conseguiu atingir hoje até Paulo Valgueiro, porque sai agredindo e desrespeitando as pessoas”, completou.

Único da oposição presente ao encontro de fim de ano da Câmara, Valgueiro foi elogiado por Cancão, que o chamou de “pequeno grande homem” por sua postura. O governista destacou sobretudo o fato de Valgueiro ter referendado a chapa encabeçada por Osório, eleita na última terça (26) para o biênio 2019/20. O líder da oposição já tinha ressaltado que mantém um bom relacionamento com o atual presidente há vários anos. “Ele faz oposição ao governo, não aos companheiros”, afirmou.

Ronaldo Silva (PSDB), que era contra a chapa de Osório mas compareceu à confraternização, também ganhou um mimo do colega de bancada, o qual afirmou que ele era “de grupo, pois nunca tinha se ausentado” da confraternização da Casa. “Você tem o meu apreço e meu carinho”, completou.

13 COMENTÁRIOS

  1. Este ai gosta de aparecer de todos jeito,faz de tudo pra ser visto,o pior que é visto como um Zé Mané,os caras chamam o outro de tudo menos de santo ,ai quando chega o final de ano vem com a cara lisa dizendo feliz ano novo,muita saúde e paz,quando vira as costa,vai logo dizendo eita vereadorzinho sem futuro,a falsidade ai neste meio não tem limite.

  2. Como filho de Petrolina, desde das minhas raízes mais pretéritas, avôs e bisavós, tanto paternos como maternos, tenho vergonha de algumas figuras que existem na nossa Câmara, a culpa é exclusiva do povo petrolinense que elege e reelege certos vereadores que fazem da baixaria a bandeira.

  3. Apenas vou vivendo nesta cidade. O povo de Petrolina a condenou a ser uma cidade medíocre e evoluída de mentirinha. É de fazer vergonha esta Casa, chamada de Casa de Leis, e o dia a dia nos mostra que é um balcão de negócios. Hoje, se você fizer uma pesquisa em Petrolina sobre seus vereadores, arrisco dizer que nenhum seria lembrado e, se por acaso um fosse lembrado, seria em razão da forma medíocre como se comporta e conduz o mandato. Aqui é a cidade dos vereadores sumidos e que não se destacam em nada, a não ser na arte de engana. Por onde anda o tal OSINALDO, ENFERMEIRO, ZÉ NILDO, JARDIM, ACOSAP, GATURIANO, DE JESUS, AERO, ELISMAR, GILBERTO MELO, EDILSÃO e olhem que para me lembrar dessas desgraças eu time que recorrer a internet. O povo merece e sofre merecidamente.

  4. Talvez o Ilustre Edil, tenha se visto no Espelho, e descarregou seu Ódio. Coisa aliás, que ele sabe fazer como ninguém. Coloca um Colar de Melancia, que tu apareces mais, Ronaldo Canção!!!

  5. Confraternizar chamando o colega de “bobão”? Eita Cancão! Sei não viu? Quem tem de ser chamado de “bobão” é o povo por reeleger uma criatura dessas. Com medo das eleições 2018. Se já sei quem são os eleitores.

  6. Quanta palhaçada… Eu que não me prestava a ir numa confraternização dessas. Apesar de nao gostar de nem um dos vereadores da oposição, compartilho do Pensamento de não ir.
    Eu tenho é nojo de todos esses vereadores que estão atualmente em na Camara! Não votei em nem um deles. Por mim nem um deles tinha entrado novamente ou pela primeira vez(no caso de Gabriel Menezes que nao passa de um Populista, oportunista Barato).

  7. A culpa não é do povo petrolinense, mas do dinheiro, do capital em excesso nas maos de alguns “bichos ” e favorecendo compra de mandatos e votos rm detrimento ao povo e seus interesses. ..

  8. A cidade cresceu, mas a mentalidade do petrolinense não evoluiu, pois a forma de pensar e de agir dos moradores continua provinciana. Sou mais um que apenas mora nessa cidade, mas me nego a compactuar com a forma que as pessoas se relacionam por aqui.

  9. Câmara 100 % fraca, despreparada, baixo nível, improdutiva, ineficiente e muito, muito cara. Um dinheiro muito mal gasto. Esse que fala é a cara dessa medíocre câmara.

  10. Horrivelmente vergonhoso esse povo depois que assume um “poder” que so sobe pra cabeça.Quem não foi pra o que chamaram de confraternização não perdeu nada,querem usar qualquer oportunidade pra tentar mostrar e se amostrar de qualquer maneira “Eita Povo Pode e de Dedo Pode”!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

6 − quatro =