Câmara assegura a Dilma que “Pernambuco dará contribuição para Brasil voltar a crescer”

0

camara e dilma.png“Não vamos superar essa crise com intolerância de nenhum dos lados. Vamos superar essa crise dialogando, tendo a capacidade de ouvir, de dizer a verdade, ter a cabeça erguida e trabalhar muito. O Brasil, neste momento, exige isso: capacidade de superação e trabalho“. O recado foi dado ontem (21) pelo governador de Pernambuco Paulo Câmara, durante o seminário ‘Dialoga Brasil’, no Recife, que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Câmara deixou claro que o estado não vai se eximir de “dar a sua contribuição para que o Brasil volte a crescer, gerar emprego, melhorar a saúde, educação, segurança; e tenha uma agricultura familiar que chegue a todos”.

“Eu queria dizer mais uma vez à presidente Dilma, como disse no ato em Cabrobó e na reunião com empresários, que o momento exige a unidade nacional. Vamos trabalhar por um Brasil melhor“, arrematou Câmara.

O governador também parabenizou a iniciativa do Governo Federal, formatada para ouvir as prioridades dos estados.

Empresários

Além do seminário, o governador participou, ao lado da presidente, de uma reunião com empresários pernambucanos de vários setores, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). Pela manhã, em Cabrobó, no Sertão (foto), ele compareceu à solenidade de entrega da primeira estação de bombeamento do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco, quando autorizou a implantação de 52 sistemas de abastecimento de água ao longo dos canais da obra.

Do Dialoga Brasil também participaram os secretários estaduais Antônio Figueira (Casa Civil), Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico), Felipe Carreras (Turismo, Esportes e Lazer), Danilo Cabral (Planejamento e Gestão), Marcelino Granja (Cultura), Fred Amâncio (Educação), Isaltino Nascimento (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude) e André de Paula (Cidades). (fonte: SEI-PE/foto: Ricardo Stuckert Filho)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome