Buracos deixados por obra da Compesa no Casimiro I continuam a causar transtornos

por Carlos Britto // 16 de maio de 2024 às 14:30

Foto: Reprodução WhatsApp Blog

Quase um mês após a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realizar uma obra na Avenida 10, no Bairro Casimiro I, Zona Norte de Petrolina, a situação continua preocupante para os moradores e motoristas da região. Apesar da intervenção da Compesa para recuperar um cano, o buraco que se formou ainda não foi devidamente tapado, colocando em risco a segurança e o trânsito na área.

Segundo relatos, os buracos não foram tampados nem com a própria terra retirada, causando muitos problemas para os motoristas. Imagens enviadas ao Blog mostram veículos passando com lentidão e dificuldade pela via. A situação aumenta o risco de acidentes e danos aos veículos.

“A população é quem sofre com seus carros atolados nos buracos”, afirma a fonte. “A Compresa veio, remendou o cano, só que ficou o buraco, e os carros continuam caindo dentro. Inclusive minha neta já caiu nesse buraco. Ontem mesmo um carro ficou preso, e nós tivemos que chamar outro veículo para puxar ele de dentro. Esse buraco aí foi através da laminação da água, que foi vazando, os carros foram passando, foi furando, foi furando e ficou esse buraco grande, como pode ser visto nas fotos”, complementa.

O Blog entrou em contato com a Compesa e aguarda retorno sobre o ocorrido.

Buracos deixados por obra da Compesa no Casimiro I continuam a causar transtornos

  1. José Ailton da Silva Nogueira disse:

    DE NOVO ? NÃO TEM JEITO PRA ESSA COMPANHIA PORCARIA DE SANEAMENTO ( COMPESA ) A NOSSA CIDADE SO FEDE A MERDA E NINGUÉM RESOLVE NADA CADÊ A INCOMPETENTE GOVERNADORA RAQUEL LIRA VOTEI NESSA MULHER O VOTO PEDIDO JESUS FOI A PRIMEIRA E A ÚLTIMA VEZ PIOR PARA OS NOSSOS REPRESENTANTES QUE TAMBÉM NÃO FAZEM NADA CADÊ OS VEREADORES? ESSES GIGOLOS DO POVO QUE NÃO FAZEM NADA TAMBÉM?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Um Petrolinense real, assim foi Fernando, pois uns chamado carinhosamente de besourinho. Eu me lembro muito bem do SAMBOSSA, Fernando,…