Brasil se rende a uma ‘Fadinha’

por Carlos Britto // 26 de julho de 2021 às 06:49

Foto: R7 Esporte/reprodução

Até ontem (25) o Brasil já possuía duas medalhas das Olimpíadas de Tóquio (Japão) – uma de bronze, com o judô masculino, e uma de prata com o skate para homens. A terceira medalha também veio ontem, e certamente a será a mais marcante para o país.

Atleta mais jovem a integrar a delegação brasileira numa olimpíada, com apenas 13 anos de idade, Rayssa Leal também se tornou a primeira mais jovem a subir ao pódio. Conhecida carinhosamente como ‘Fadinha’, ela conquistou a segunda medalha de prata do país, dando um show no skate, modalidade street.

As outras das medalhistas são igualmente jovens que nem Fadinha:  Momiji Nishiya (bronze) tem 16 e Funa Nakayama (ouro), também 13. Ambas são do Japão.

Brasil se rende a uma ‘Fadinha’

  1. Ade disse:

    A miserável da globolixo secou as meninas antes da competição falando que o pódio seria só das Brasileiras. Fora galvão e CIA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *