Barragem de Sobradinho terá vazão elevada para 3 mil m³/s e pode subir mais

por Carlos Britto // 08 de janeiro de 2023 às 13:16

Foto: WhatsApp/Blog do Carlos Britto

O Vale do São Francisco volta a viver momentos apreensivos por conta do Reservatório de Sobrinho (BA), após a cheia do ano passado. Em virtude das fortes chuvas no Sudeste, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Eletrobras/Chesf) deve elevar a defluência – vazão liberada da barragem – ao patamar de 3.000 metros cúbicos por segundo (m³/s) a partir da próxima quinta-feira (12), seguindo orientação do Operador Nacional do Sistema (ONS).

Neste final de semana, a barragem trabalhou com uma vazão de 1.300 m³/s. O volume útil mais recente, divulgado pela Eletrobras Chesf na última quinta-feira (5), é de 74,15%.

O problema é que, a exemplo de 2022, a Companhia alerta para a possibilidade de elevar a vazão para 4.000 m³/s ou até a valores acima disso (com patamar de restrição de 8.000 m³/s). Daí a importância reforçada pela Chesf de que não haja ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio.

“Por oportuno, no que diz respeito à segurança de barragens, informamos que todas as usinas operadas pela Chesf encontram-se em condições seguras, operando em total normalidade, sendo monitoradas de forma contínua, com procedimento de rotina de inspeção local e avaliação dos instrumentos de segurança”, destacou a empresa, em nota enviada ao Blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.