Bancada governista na Casa Plínio Amorim derruba emendas e aprova projeto original do Executivo que regulamenta Uber em Petrolina

4

Os vereadores da bancada governista na Casa Plínio Amorim aprovaram agora há pouco, em mais uma sessão controversa, o projeto de lei 040/18, que regulamenta o Uber (serviço móvel de transporte individual de passageiros por aplicativo). A proposta passou por 16 votos a zero.

Se de um lado, a categoria dos taxistas mostrou-se satisfeita com a votação, o mesmo não se pode afirmar dos motoristas de Uber. Eles queriam que projeto fosse aprovado com emendas, sobretudo as do vereador Ronaldo Silva (PSDB), que discutiu detalhes do projeto com os profissionais.

Ao todo foram colocadas 19 emendas, mas o vereador Ronaldo Cancão (PTB) retirou a sua. Além disso, as emendas dos vereadores Gabriel Menezes (PSL) e Paulo Valgueiro (MDB), que não se encontravam em plenário, além de Cristina Costa (PT) que está licenciada da Casa – foram retiradas de votação. Mais detalhes pelas próximas horas.

4 COMENTÁRIOS

  1. Maravilha! Agora sim uma concorrência leal para com a classe de txistas, e com certeza só iram trabalhar no aplicativo aqueles que estiverem com suas obrigações em dias , mostrando que tem capacidade de prestar um bom serviço e, prestar segurança para a população ,pois agora ficaram registrados nos dados do órgão fiscalizador responsável! Parabéns para os parlamentares.

    • Deveria mudar seu nome para “gado adestrado”! Não havia concorrência desleal, o serviço de táxi é que estava atraso umas 5 décadas em relação às tendências do mundo dos negócios, que exige cada vez mais descentralização e mais customização para atender ao cliente. Os que estavam na mamata do oligopólio há décadas agora tinham um concorrente mais eficiente para enfrentar. O que fizeram foi nivelar todos por baixo com leis ridículas. Só na tua cabeça que o governo e seus burocratas corruptos sabem o que é melhor para o consumidor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome