Balseiros interditam por quatro horas ponte que liga Belém a Abaré

por Carlos Britto // 03 de abril de 2009 às 21:50

Cerca de 200 balseiros interditaram na manhã de hoje (03), por quatro horas, a ponte que interliga os municípios de Belém do São Francisco (PE) e Abaré (BA).

Eles reivindicam um auxílio do Governo Federal para manter o sustento de suas famílias, já que a renda deles vinha das balsas que faziam a travessia de uma cidade a outra, transportando pessoas e veículos.  

A Polícia Militar e a Rodoviária Federal foram acionadas, mas o protesto transcorreu pacífico. Das 7 às 11 horas, tempo em que a ponte foi interditada, apenas ambulâncias foram liberadas pelos manifestantes, o que acabou gerando um grande congestionamento, sobretudo de caminhões.

 

Com informações de Wellington Barbosa/Rádio Educadora AM de Belém

Balseiros interditam por quatro horas ponte que liga Belém a Abaré

  1. paulo disse:

    Esse país está mesmo sem moral . Uma familia de meia duzia que monopolizava esse negocio de balsa,tão com os bolsos cheios de dinheiro, fecham a ponte ,e ainda querem estorque o governo. Vão trabalhar na transposição lá tem serviço.

  2. O direito de um acaba onde começa o do outro…
    Acho que interdição de pontes e rodovias deveria ser punida com força policial com pelotão de choque…
    Se quer se manifestar que vá fechar a Prefeitura, o Palácio do Governo ou vá logo para a Esplanada dos Ministérios. Ponte e estrada NÃO!!!
    aluilce@terra.com.br

  3. Na Nuca disse:

    Todo mundo sabia que o transporte de veículo era transitório, enquanto duraria a construção da ponte. Pelo menos o movimento maior. Antes, todo transito era por aqui Petrolina/Juazeiro. Se não houvesse esta travessia tudo seria por aqui. Quem planejou seu negócio o fez em cima de um estudo econômico para um período conhecido. Concordo até com Dr. Aluilce, vão acampar na porta dos patrões de voces, deixem o povo usar do direito de ir e vir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *