Autoridades de Juazeiro definem estratégias contra festas irregulares durante pandemia

por Carlos Britto // 04 de setembro de 2021 às 12:42

Foto: Ascom PMJ/divulgação

Uma reunião promovida pela Prefeitura de Juazeiro (BA), ontem (3), na sede da 73ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), abordou estratégias para coibir a realização de festas e shows irregulares durante a pandemia de Covid-19. Estiveram presentes o procurador geral do Município, Thiago Cordeiro; o promotor de Justiça, Alexandre Lamas; o superintendente de Ordenamento Urbano, Ubirajara Bastos; o inspetor chefe da Guarda Civil Municipal (GCM), Gilson Santos; o comandante do Centro de Planejamento do CPRN, Capitão Sátiro, além de representantes da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) e do dos comandantes das quatro CIPMs.

De acordo com o Ministério Público, a quantidade de denúncias de festas clandestinas e perturbação do sossego público durante a pandemia vêm aumentando muito na cidade. Por esse motivo, a atuação em conjunto dos órgãos de segurança será reforçada para combater essa prática em Juazeiro.

É de fundamental importância ter todos os órgãos de segurança alinhados em um só sentido, que é de promover a ordem. E as deliberações que foram tomadas hoje nesta reunião são bem importantes, não só para esse feriadão que se aproxima, mas no que se refere às medidas que vão ser tomadas por todas as instituições em médio e longo prazo a respeito da ordem pública e do sossego público. E também no que se refere aos decretos que tratam do período de pandemia“, declarou o Promotor de Justiça, Alexandre Lamas.

Durante a reunião de alinhamento ficou determinado que, começando de ontem até a próxima quarta-feira (8), correspondente ao feriado prolongado da Independência do Brasil e da Padroeira de Juazeiro, e com continuidade nos próximos finais de semana, as forças de segurança irão intensificar a fiscalização a bares, restaurantes, casas de eventos e chácaras, das 22h às 4h.

Punições

O estabelecimento que for flagrado realizando festa e promovendo aglomeração terá a aparelhagem de som apreendida, o evento será encerrado e o responsável será conduzido à delegacia de polícia. O estabelecimento será autuado e, em caso de reincidência, poderá ter o alvará de funcionamento cassado.

A partir desse momento algumas ações serão implementadas para coibir esse tipo de evento, assim como coibir os descumprimentos das medidas sanitárias impostas pelos decretos municipais e estaduais. De acordo com o artigo 268, do Código Penal, quem descumprir as medidas sanitárias preventivas estará sujeito a ser conduzido à delegacia pela Polícia Militar. É importante lembrar a todos de que a pandemia não acabou, ela continua. Graças a Deus a Prefeitura de Juazeiro tem conseguido avançar na quantidade de pessoas vacinadas, mas os cuidados precisam ser mantidos e principalmente essa questão de aglomeração a população precisa evitar“, frisou o procurador geral Thiago Cordeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *