Aumento de alergias reflete incompatibilidade do corpo humano com o mundo moderno

por Carlos Britto // 03 de junho de 2024 às 20:34

Foto: Reprodução Folha PE

A antropóloga médica Theresa MacPhail, autora do livro ‘Alérgicos: Como nosso sistema imunológico reage a um mundo em transformação’, afirma que o crescente número de pessoas com alergias é um sinal de que os corpos humanos não estão adaptados ao mundo moderno. Estima-se que de 30% a 40% da população mundial tenha algum tipo de alergia atualmente. MacPhail explica que o sistema imunológico foi treinado há milhares de anos para enfrentar um ambiente completamente diferente do que se vive hoje, com mudanças drásticas nas dietas, níveis de poluição e uso de antibióticos.

Segundo MacPhail, as alergias são uma resposta tipo 2 do sistema imunológico, onde as células humanas reagem a substâncias inofensivas como se fossem ameaças graves. No entanto, a linha entre alergia, sensibilidade e intolerância pode ser confusa. As alergias envolvem a ativação das células imunológicas, enquanto as intolerâncias não envolvem essa resposta. Além disso, fatores como poluição, mudanças alimentares e o uso de antibióticos têm impactado negativamente no sistema imunológico, contribuindo para o aumento das alergias.

O impacto das alergias vai além da saúde individual, afetando também a economia e a sociedade. Tratamentos eficazes, como o Xolair e o Dupixent, são extremamente caros, e o acesso a cuidados médicos é desigual, especialmente entre minorias. Socialmente, as alergias ainda carregam um estigma de fraqueza, o que não corresponde à realidade de uma resposta imunológica forte, porém desregulada. Apesar dos desafios, MacPhail destaca que os avanços na compreensão e tratamento das alergias são promissores, embora soluções definitivas ainda estejam a décadas de distância. (Fonte: Folha/PE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. O empresário Josival Amorim, mencionado nos comentários do jornalista como estrategista, na verdade puxa o tapete de seu parente, Odacy…