Aulas na Uneb de Juazeiro retornam hoje após quase 40 dias de ocupação

1
(Foto: Divulgação)

uneb-juazeiro

As aulas no Campus III da Universidade da Bahia (Uneb), em Juazeiro, retornam nesta segunda-feira (28), depois de quase 40 dias de ocupação. Em nota divulgada, o Movimento ‘Ocupa Uneb’ disse que a decisão dos estudantes de deixar o espaço foi tomada em consenso e que o grupo irá aplicar outras formas de luta, “entendendo que todas elas, quando democráticas, são feitas a partir de um processo de direção coletiva que também é válida”, diz a nota. Já a Direção da instituição, também em nota, convoca todos os estudantes para voltarem às salas de aula.

Ao lado do corte de recursos impostos pela PEC 55, o Movimento Ocupa Uneb possui reivindicações que atendem as demandas da realidade local, entre elas: manutenção da infraestrutura da universidade, orçamento participativo, abertura de concurso para professor efetivo, transporte, melhoria no acervo da biblioteca e políticas abrangentes de Assistência Estudantil. Além disso o movimento demanda pautas específicas de cada curso.

Negociamos com as direções de cada Departamento as pautas e, após um longo processo de diálogo, conseguimos alguns avanços que já estão em andamento, e outras que serão iniciados a partir do ano de 2017, dadas as dificuldades orçamentárias impostas pelo governo. Também compreendemos que muitas das pautas acimas já era encampadas pelas direções, mas pontuamos que a força social construída pelos estudantes acelera o atendimento dessas pautas que buscam a melhoria da nossa universidade. Sempre tivemos o intuito de construir e agregar novos atores e atrizes no processo de melhoria da Uneb e da educação pública no Brasil”, destaca a nota.

O grupo ainda agradeceu a todos que contribuíram com a ocupação, ressaltando que a mobilização em busca de melhorias para a universidade continuará. “Continuaremos mobilizados e mobilizando a Uneb. Convocamos todas e todos na construção de um calendário de lutas permanentes em defesa da educação que abarque todos os setores da universidade em defesa dos nossos direitos. Além disso, a nossa desocupação material culmina na ida de estudantes do nosso campus a Brasília para o ato nacional marcado no dia 29, durante a votação da PEC 55 no Senado. Resistimos e resistiremos dentro e fora da Universidade do Estado da Bahia Campus III contra o processo de sucateamento da Educação e os cortes nos direitos do povo brasileiro”, finaliza.

1 COMENTÁRIO

  1. Fora um pouco de diversão e atraso no calendário acadêmico, o que mais esse movimento político partidário conseguiu? Resposta : conseguiu o mesmo que sempre, ou seja, nada. E ainda vão passar alguns dias se autoelogiando…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome