Auditoria do TCU pode atrasar transposição do São Francisco

por Carlos Britto // 12 de janeiro de 2009 às 08:15

A Casa Civil diz em documento enviado ao TCU (Tribunal de Contas da União) que problemas apontados por auditorias do tribunal podem atrasar dez projetos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), entre eles a transposição do rio São Francisco. A informação consta de relatório do TCU. No documento, no entanto, o governo mantém avaliação mais otimista que o tribunal sobre o fim das obras. Na obra do São Francisco, a Casa Civil concede “selo verde” ao projeto, ou seja, considera que ele tem pequeno atraso no cronograma passível de ser recuperado. Os auditores, valendo-se do mesmo método do governo, conferem à transposição o “selo amarelo”, indicando que a obra não será entregue na data prevista nem mesmo ampliando o prazo em 30%.

Fonte: Folha de São Paulo

Auditoria do TCU pode atrasar transposição do São Francisco

  1. Opara disse:

    Por mim, esse elefante branco nem começava. Pobre do povo do Sertão seco… não vai ter acesso à obra, e ainda assim, vai ser considerado como um entrave ao desenvolvimento do país. Vão dizer que gastasse muito dinheiro em um lugar sem solução, quando todos nós nordestinos sabemos que tem solução, e não passa pela água, e sim por investimentos que possam desenvolver a região como educação, segurança, saúde etc…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.