Audiência Pública continua. Solução está distante

por Carlos Britto // 15 de abril de 2009 às 19:58

Continua a audiência pública na câmara de vereadores. O juiz Edilson Rodrigues acaba de usar a tribuna. Os discursos se sucedem e o clima na plateia é calmo, mas os lados se pronunciam fortemente. As cores tomaram conta do plenário.

Audiência Pública continua. Solução está distante

  1. Francisco disse:

    Falta um líder capaz de conduzir esse Processo de lagalização.

  2. zé fofão disse:

    Discutir o que?
    Com quem?
    será possível que haja necessidade de polícia neles?
    o que o juiz dr Edilson está fazendo?
    a favor de mototaxistas? inconstitucional e eledo lado? onde tá a justiça?
    melhor olho por olho…!
    vc está expliando muito mal…ninguem entendeu!

  3. AVELAR AMADOR disse:

    Britto, quero ver vc fazer estes “quase ao vivo” em video…até lá está de parabéns pela cobertura “quase ao vivo” de texto e foto…

  4. EU... disse:

    Estão legalizando as gangs no Brasil. è mototaxista, é camelô, é flanelinhas, é sem-terra, é sem-teto é o escambau. Ninguem paga imposta de “P” nenhuma e querem ter mais direito de que quem paga. Não torço que alguem jogue uma bomba na câmaram mas bem que eu gostaria de jogar uma boa quantidade de pó de mica naquele pleario. EU….hém????

  5. Menezes Batista disse:

    Tem que ser rígido com esse povo, pois são irresponsáveis e imprudentes. Claro que toda regra tem exceção.

  6. Manoel disse:

    Afinal, qual foi o resultado de toda essa lambança discutida na audiência pública? ninguem fala nada?

  7. pitaco disse:

    MOTO TAXI- dxa disso (contras), agora ficam com esses comentarios de que é coisa de cidade pequena, eu não uso…, aposto que muitos que postam aqui contrario aos moto taxistas usam o serviço, podem até negar, mas com certeza usam!!, cidades maiores e algumas até mais organizadas tem: Campina Grande, Feira de Santana…, acho que deveria organizar, impor regras, regulamentar, cobrar imposto, cobrar taxas… dos moto taxistas, só nãoo me pergunte como, não sou dessa área, nem ao mesnos legislador, mas todos nós sabemos que mais cedo ou mais tarde isso vai funcionar legalmente no Brasil, asim como invenssões nossas, cheque pre datado, que legalmente não existia e agora ja tem regras pra quem descontar o cheque pre datado antes da dada, outra invenção do brasiliro é o consorcio (tb esta regulamentado, legalizado, cobrando suas taxas de administraçã fundo de reserva, seguro e etc…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *