Atualização da Varíola dos Macacos em Pernambuco confirma 165 casos

por Carlos Britto // 21 de outubro de 2022 às 08:39

Foto: reprodução

Até o dia de ontem (20), o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde (Cievs) contabilizou em Pernambuco 1.543 notificações da Varíola dos Macacos (Monkeypox) – sendo 165 casos confirmados, 499 casos descartados e 816 casos em investigação. Estes últimos foram subdivididos em casos suspeitos (756) e prováveis (60), conforme classificação definida pelo Ministério da Saúde (MS), além de 15 casos excluídos, por não atenderem a definição de caso, e 48 exames inconclusivos.

Os 165 casos confirmados estão distribuídos nas seguintes faixas etárias: 0 a 9 (10); 10 a 19 (12); 20 a 29 (56); 30 a 39 (49); 40 a 49 (24); 50 a 59 (7); e 60 ou mais (7). Do total, 131 são do sexo masculino e 34 do feminino. Dos 165 casos positivos todos evoluíram para cura.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) destaca que entre os casos em investigação, os casos suspeitos são considerados aqueles nos quais os pacientes apresentam início súbito de lesão em mucosas e/ou erupção cutânea aguda sugestiva de Monkeypox. Destes, 410 são do sexo masculino e 346 são do feminino. As faixas etárias são: 0-9 (97), 10-19 (142), 20-29 (161), 30-39 (156), 40-49 (109), 50-59 (57), 60 ou mais (34).

Com relação aos casos prováveis, que também estão em investigação, foram registrados 60 (quando os pacientes se enquadram como suspeitos e, além da lesão cutânea, apresentam outros critérios como exposição próxima e prolongada com caso provável ou confirmado de Monkeypox). Destes, 44 são do sexo masculino e 16 são do feminino. As faixas etárias são: 0-9 (6); 10-19 (12); 20-29 (15); 30-39 (10); 40-49 (13); 50-59 (2); e 60 ou mais (2).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.