Atividades do ‘Dezembro Vermelho’ em Juazeiro começam amanhã

por Carlos Britto // 30 de novembro de 2023 às 13:00

Dezembro é o mês dedicado à conscientização sobre HIV/Aids, que faz um alerta à população sobre os cuidados para prevenção e tratamento da doença. A Secretaria de Saúde (Sesau) de Juazeiro (BA) organizou uma programação com diversas atividades durante o mês, dentro da Campanha ‘Dezembro Vermelho’. Serão realizados atendimentos em saúde e ações educativas.

Nesta sexta-feira (1°), Dia Mundial de Luta Contra a Aids, o Centro de Informação em ISTs, HIV/Aids e Hepatites Virais (CIDHA) disponibilizará testes rápidos e orientações sobre a doença, das 8h às 16h. O CIDHA funciona do Centro de Saúde lll, no bairro Angary.

Campanha nas UBSs

As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) também estarão engajadas na campanha. Cada UBS montou a sua programação que inclui atividades como distribuição de preservativos, palestras, testagens para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e imunização para HPV e Hepatite B.

‘Dezembro Vermelho’

O ‘Dezembro Vermelho’ chama atenção da sociedade para a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), principalmente a Aids, causada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). “A campanha reforça sobre a prevenção, assistência e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis. É sempre bom destacar que ter HIV não é o mesmo que ter Aids, pois há muitas pessoas vivendo com HIV que não apresentam sintomas e não desenvolvem a doença, logo realizam o tratamento de maneira correta e o acompanhamento no serviço de saúde”, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Caroline Moraes.

CIDHA

O Centro de Informação em ISTs, HIV/Aids e Hepatites Virais (CIDHA) é o responsável por acolher e prestar assistência em saúde a pessoas com ISTs em Juazeiro. Atualmente, 637 pacientes são acompanhados pelo Centro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A situação não é fácil, porém não acho que devemos condenar o rapaz com tanta violência. Quem nunca errou que…