Assentamento em Orocó (PE) será beneficiado com novo projeto de piscicultura e irrigação consorciada

por Carlos Britto // 04 de novembro de 2012 às 10:30

O Assentamento Alegre, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), localizado no município de Orocó (PE), Sertão do São Francisco, será beneficiado com um novo projeto de piscicultura e irrigação consorciada, que envolve a aquisição de 15 tanques rede para a criação de tilápias e tambaquis. Os tanques terão capacidade para 2 mil peixes e a despesca ocorrerá semestralmente, permitindo a produção de 30 toneladas ao custo de R$ 5 o quilo, perfazendo um total de R$ 300 mil em faturamento mensal.

Atendendo solicitação do líder do Movimento dos Sem Terra (MST), em Pernambuco, Jayme Amorim, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária do estado, Ranilson Ramos, visitou ontem (03) a área onde está sendo implantado o projeto-piloto, acompanhado do secretário executivo da Agricultura Familiar, Aldo Santos.

Ranilson destacou que o reaproveitamento da água desses tanques irá permitir a irrigação de três hectares para inclusão produtiva. O investimento inicial é de R$ 135 mil e beneficiará inicialmente 100 famílias.

Novo modelo

O secretário declarou que o projeto está sendo concluído e o peixamento já foi realizado, o que vai possibilitar a entrega do novo modelo consorciado entre piscicultura e irrigação, ao assentamento ribeirinho do São Francisco, na segunda quinzena de janeiro de 2013. “Esta é, sem dúvida, mais uma forma de diversificar a atividade, assegurando a geração de emprego e renda na região”, disse.

Após a visita a Orocó, os secretários e o líder do MST seguiram para o assentamento Vitória, em Santa Maria da Boa Vista, também no Sertão do São Francisco. Lá, eles foram discutir a implantação do sistema de abastecimento d’água para consumo humano, que irá atender 264 famílias. Além disso, iniciaram a discussão para um projeto de irrigação, com 300 hectares, que deverá ser financiado pelo programa Irrigação para Todos. (Fonte/foto: IPA)

Assentamento em Orocó (PE) será beneficiado com novo projeto de piscicultura e irrigação consorciada

  1. offshore company disse:

    Com 1,6% do orçamento estadual para 2013, cujo valor total é R$ 35,1 bilhões, o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, e sua equipe elaboraram um portfólio com opções de projetos estruturantes para a agropecuária baiana e o apresentam, nesta segunda-feira (22), aos deputados estaduais, federais e senadores, com o objetivo de captar emendas parlamentares para o setor. O “Encontro sobre perspectivas de parcerias para incremento e modernização do setor agropecuário da Bahia” acontece no Hotel Catussaba Resort, durante todo o dia. O portfólio reúne 18 propostas, entre elas projetos de centros de comercialização de animais, pequenos frigoríficos, unidades de beneficiamento de carne, pescados, leite e mel, tanques de resfriamento de leite, titulação de terra, kits de irrigação e implantação de áreas de palma adensada. Salles explica que muitos projetos executivos já têm pareceres sistêmicos da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Caixa Econômica Federal (CEF), com custos baixos e de fácil implantação e esses projetos podem ser inseridos nas emendas parlamentares dos senadores e deputados federais, e também como propostas dos deputados estaduais para seus municípios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Foto historica, de pessoas que contribuiram enormimente para o progresso da nossa regiao.