Articulador de carreata barrada pela justiça no Recife prestará depoimento na Polícia Civil

0
Foto: divulgação

O líder do Movimento ‘Liberta Pernambuco’, Wilker Cavalcanti, prestará depoimento nesta quinta-feira (2), às 10h, na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil (PC). O jornalista foi intimado, a pedido do governador Paulo Câmara, para prestar depoimento sobre a carreata do último dia 29/03, organizada pelo movimento, mas que nem chegou a acontecer por força da justiça.

De acordo com Wilker, mesmo o Estado já estando em isolamento social, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o evento não configurava aglomeração de pessoas, tampouco infringia as determinações do governo do Estado. “No evento, que nem ocorreu, as pessoas não teriam contato. Elas permaneceriam em seus carros, logo manteriam a distância determinada pelo Ministério da Saúde para a não propagação do vírus“, salienta. A iniciativa defenderia a volta ao trabalho das pessoas que não integram o grupo de risco do Covid-19.

Segundo Wilker, a Constituição assegura a liberdade de manifestação de pensamento, vedando o anonimato (artigo 5º, inciso IV, da Constituição) e garante que “todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente. ” Pelo visto, essa cláusula não é respeitada no Estado de Pernambuco“, justificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome