Artesãs do Sertão de Itaparica se unem para melhorar a produção de artesanato e calçados

0

sandalias-couro-floresta

A articulação do Programa Estadual de Apoio ao Pequeno Produtor Rural (ProRural) em Petrolândia (PE), no Sertão de Itaparica, vai render frutos e lucros para as mulheres artesãs da região. Com a união dos trabalhos da Associação de Mulheres Café com Arte da cidade e das Artesãs de Couro de Floresta (PE), agora articuladas em rede, cerca de 80 delas poderão aumentar a produção de artigos feitos a partir do couro da tilápia e da caprinocultura.

Com a união, as duas entidades passarão a curtir junto o couro usado na produção de sapatos, bolsas e artesanatos diversos, o que renderá economia no processo e maior poder de negociação. Além da parceria para o trato da matéria prima, as associações terão um acordo de cooperação mútua, o que possibilitará o fechamento de maiores negócios, pois os produtos poderão ser trabalhados pelos dois grupos, aumentando assim a capacidade de produção em menor prazo de entrega.

Com o apoio do ProRural e outras entidades parceiras, as mulheres da região têm se destacado na produção de calçados e artesanato com o couro disponível nos dois municípios. A cidade de Floresta tem hoje 17% do rebanho de caprino de Pernambuco e Petrolândia. Apenas nas associações apoiadas pelo programa são produzidas mensalmente 400 toneladas de tilápia, o que gera matéria prima em abundância para os dois grupos. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome