Após suposta propina de governistas, Cristina Costa também cita vídeo sobre ter recebido milhões para abrir mão de sua candidatura a prefeita

3

Única integrante da oposição presente no plenário da Casa Plínio amorim na sessão de ontem (24), no momento em que veio à tona o assunto de um vídeo sobre uma suposta propina paga pela empresa de ônibus Atlântico a vereadores da bancada governista, Cristina Costa (PT) disse não ter visto o vídeo, mas pediu calma.

É importante que nós, vereadores, que somos vitrine, possamos qualificar esse debate e agir dentro da nossa responsabilidade”, ponderou. Ela, inclusive, citou também outro vídeo, no qual sugere ter recebido milhões para abrir mão de ser candidata à Prefeitura de Petrolina em prol de Odacy Amorim – o indicado pelo PT.

Isso também mostra como uma pessoa é pequena, e que nível de campanha nós vamos elevar em Petrolina, independente de ser oposição ou situação”, afirmou.

Concordando com o líder governista Aero Cruz (MDB), o qual declarou que na Casa “há uma oposição boa e outra ruim”, Cristina estendeu ainda mais essa afirmação. Ela destacou que há vereadores atuantes, que defendem o interesse dos petrolinenses, e os que legislam em causa própria, independente do lado partidário em que estejam. Cristina frisou ainda ser válido o projeto do Executivo propondo uma ajuda emergencial à empresa de ônibus, mas argumentou que essa mesma empresa precisa também socorrer os usuários “que estão caminhando vários quilômetros a pé”.

3 COMENTÁRIOS

  1. O Petrolinense tem que ver o nivel desses Políticos domesticos… A Policia Federal e o Tribunal eleitoral tem que chamar a Vereadora pra depor sobre compra de candidatura a Prefeita.
    Isso é um absurdo a gente que não vendemos o nosso voto ver essas propostas de um Político.
    FEDERAL NELES.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome