Após liminar derrubada pelo TRF2, lotéricas e igrejas voltam a ser serviços essenciais

por Carlos Britto // 01 de abril de 2020 às 11:30

Foto: Marcelo Aprígio/JC

A pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) garantiu que as atividades lotéricas e religiosas retornassem ao rol dos serviços essenciais durante a pandemia de novo coronavírus, suspendendo liminar (decisão de caráter provisório) anteriormente deferida pela Justiça Federal.

Em seu texto, o desembargador Roy Reis Friede diz que “não se pode aproveitar o momento de pandemia mundial e calamidade pública para se permitir a perpetração de afrontas à Constituição da República e ao consagrado Princípio da Separação dos Poderes”.

“A retirada das unidades lotéricas da lista de serviços e atividades essenciais acarretaria, na prática, a possibilidade de seu fechamento por decisão de governos locais, gerando o aumento do fluxo de pessoas nas agências bancárias tradicionais, implicando em aglomerações indesejadas no momento atualmente vivido pela sociedade brasileira”, expressou o desembargador em texto. (Fonte: JC Online)

Após liminar derrubada pelo TRF2, lotéricas e igrejas voltam a ser serviços essenciais

  1. Mario Geisel disse:

    Igreja essencial para os pastores que querem tirar dinheiro do povo. Bandidos

    1. Renan disse:

      Falou bonito, só perdeu para o SILÊNCIO.

    2. Observador disse:

      Falou tudo!!

  2. Crítico disse:

    Lotérica vá lá, mas igreja……………

  3. Igor disse:

    Vá se ….. igreja universal!

  4. Antônio disse:

    Igreja é essencial para que em uma pandemia??? Só se for essencial para espalhar o vírus!!! É um absurdo.

  5. A IGREJA é essencial em qualquer momento. Nós somos a igreja, somos o corpo de Cristo meus ilustres comentaristas, todavia os TEMPLOS podem permanecer fechados. As portas do inferno não prevaleceram contra a IGREJA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *