APLB/Sindicato de Juazeiro vê “má-fé” em questionamentos feitos à entidade sobre Fundeb

0

Em nota enviada ao Blog, a direção da APLB/Sindicato considera de “má-fé” os questionamentos feitos à entidade em relação às sobras de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) aos professores da rede municipal de Juazeiro (BA). De acordo com a direção, houve um encontro entre representantes da APLB e a secretária Lucinete Alves, em novembro, quando alguns itens referentes à categoria foram discutidos, inclusive o abono oriundo das sobras do Fundeb.

A entidade foi informada inicialmente que haveria essa possibilidade, mas a projeção foi modificada devido a uma redução de R$ 11 milhões nos repasses federais do Fundeb para Juazeiro. Sobre a comparação com Petrolina (PE), que pagará o abono, a APLB destaca ser necessário levar em conta detalhes importantes. “O Fundeb de Petrolina é maior do que o de Juazeiro; Petrolina demitiu na Pandemia; Petrolina reduziu a carga hora praticamente pela metade; mesmo com o Fundeb menor, Juazeiro não demitiu e nem reduziu carga horária de ninguém”, ressaltou a entidade, reforçando o que já tinha dito ao Blog a secretária. A íntegra da nota pode ser acessada pelo link.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

20 − quinze =