APA faz bonito e leva bicampeonato do Brasileiro de Atletismo Paralímpico

por Carlos Britto // 18 de junho de 2023 às 13:41

Foto: Ascom APA/divulgação

A Associação Petrolinense de Atletismo (APA) escreveu mais um capítulo brilhante em sua história. O clube do Sertão de Pernambuco conquistou, neste sábado (17), o bicampeonato do Brasileiro de Atletismo Paralímpico, realizado em São Paulo (SP) desde a última quinta-feira (15). Na classificação geral, a APA somou 318 pontos, deixando para trás a equipe da Aspa-SP, que terminou na segunda colocação com 229.50.

Estamos profundamente emocionados e orgulhosos. Este bicampeonato é uma conquista extraordinária, que coloca a APA no topo do atletismo paralímpico do Brasil. Somos, pela segunda vez consecutiva, a melhor equipe do país. Parabéns a todos os nossos guerreiros atletas, nossos treinadores e diretoria. Agora é só comemorar“, declarou o presidente da APA, Domingos Rodrigues.

Disposta a faturar seu segundo título brasileiro, a APA não deu chances aos adversários e liderou a classificação desde o primeiro dia de provas. O time terminou a competição com 45 medalhas – sendo 19 ouros, 11 prata e 15 de bronze. Além disso, a equipe estabeleceu quatro novos recordes da competição.

Superação

O chefe da delegação e diretor executivo, Natanael Barros, destacou a união do grupo e o espírito de superação como principais fatores para a conquista.

Essa vitória é uma prova do poder do trabalho em equipe, da nossa resiliência diante dos desafios e da luta e dedicação dos nossos atletas. Eles são um exemplo inspirador para todos nós, mostrando que não há limites quando se tem determinação e paixão. Somos o melhor clube paralímpico do Brasil e seguiremos firmes em busca de mais vitórias“, vibrou Natanael. A APA tem o patrocínio master da Bayer Brasil e patrocínio oficial da Elo, além do patrocínio da Prefeitura de Petrolina, Ara Agrícola, River Shopping e Vale do Ave.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A manutenção da estátua de Daniel Alves manterá também a contradição de seus atos. Hoje os monumentos também servem para…