Antonio Coelho afirma que Governo Bolsonaro recupera capacidade de investimento de Pernambuco

2

O deputado estadual Antonio Coelho (DEM) destacou, nesta segunda (22), durante audiência pública conjunta das Comissões de Justiça, Finanças e Administração Pública, que sem a solidariedade financeira do governo federal, Pernambuco não estaria apto para contratar novas operações de crédito como a que pleiteia junto à Assembleia Legislativa.

O democrata disse ser incontestável que Pernambuco poderá voltar a contratar operações de crédito, no entanto, ressaltou que essa mudança de paradigma na administração estadual só foi possível graças à injeção de recursos federais, que assegurou o equilíbrio fiscal em momento de grande dificuldade devido à pandemia do coronavírus.

O líder oposicionista lembrou que, via auxílio emergencial, a União injetou R$ 10 bilhões na economia local, beneficiando mais de 3,6 milhões de pernambucanos, acrescentando ainda na conta da ajuda do governo federal, os recursos oriundos do socorro emergencial aos estados, do qual Pernambuco recebeu diretamente da União mais de R$ 4,5 bilhões, valor que representa o dobro do que foi repassado em 2019.

O parlamentar disse, ainda, que se não fosse essa ajuda federal, Pernambuco ainda estaria à mercê do seu descalabro fiscal. Tomando como base dados do Relatórios Resumidos da Execução Orçamentária (6º bimestre), 2013 – 2020, e apontou algumas fragilidades fiscais do Estado, a exemplo do déficit previdenciário de R$ 3,5 bilhões, da redução de 30% nos investimentos em educação e a estagnação nos recursos direcionados à segurança pública nos últimos sete anos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome