Antes de assinar decreto sobre posse de armas, Bolsonaro faz nova reunião ministerial

6
Foto: Alan Santos/AgBr

O presidente Jair Bolsonaro faz hoje (15) a terceira reunião ministerial após o início do seu governo, no Palácio do Planalto. Todos os 22 ministros de Estado estão presentes, além do vice-presidente Hamilton Mourão.

Será o primeiro encontro após a confirmação dos nomes para a liderança do governo na Câmara, o deputado federal Major Victor Hugo (PSL-GO), e do porta-voz, general Otávio Santana do Rêgo Barros.

Logo em seguida, às 11h, está prevista a cerimônia de assinatura do decreto que flexibiliza a posse de armas. O texto regulamentará a posse de armas de fogo no país, uma das principais promessas de campanha de Bolsonaro.

O decreto refere-se exclusivamente à posse de armas. O porte de arma de fogo, ou seja, o direito de andar com a arma na rua ou no carro, não será incluído no texto. A previsão é que seja facilitada a obtenção de licença para manter armas em casa. Os detalhes do decreto ainda não foram divulgados pela Casa Civil. A expectativa é que conceda 10 anos de prazo para renovação do registro de arma de fogo. (Fonte: Agência Brasil)

6 COMENTÁRIOS

  1. “De onde me virá o socorro?
    O socorro virá do meu SENHOR, o Criador dos céus e da terra!
    O SENHOR te guardará de todo o mal, Ele protegerá a tua vida!
    Estarás sob a proteção do SENHOR, ao saíres e ao voltares, desde agora e para todo o sempre!”
    Salmos 121

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome