ANA aprova primeira norma de referência que vai contribuir para fim dos lixões

por Carlos Britto // 16 de junho de 2021 às 16:33

A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) aprovou na última segunda-feira (14) sua primeira norma de referência para o setor de saneamento básico. Durante a 824ª Reunião Deliberativa da Diretoria Colegiada da ANA, foi aprovada a norma com o regime, a estrutura e os parâmetros da cobrança pela prestação do serviço público de manejo de resíduos sólidos urbanos (SMRSU).

O intuito da medida, cuja vigência começou com sua publicação no Diário Oficial da União (DOU) de ontem (15), é contribuir para o fim dos lixões no Brasil por meio da sustentabilidade econômico-financeira dos serviços de manejo de resíduos sólidos, assegurada por instrumentos de cobrança para garantirem sua prestação.

Em cerca de 4 mil municípios brasileiros, atualmente não há cobrança para o serviço de manejo de resíduos sólidos urbanos. Como essas cidades não conseguem manter um aterro sanitário, a destinação final dos resíduos acaba sendo inadequada, por meio de lixões, resultando em problemas sanitários, sociais e ambientais. A ausência da cobrança também faz com que os municípios banquem as despesas com o SMRSU com recursos de impostos, que poderiam ser direcionados para outras políticas públicas municipais, como saúde e educação, por exemplo.

Por outro lado, outros municípios já cobram pelo serviço, mas de forma insuficiente para manter a prestação adequadamente por não haver equilíbrio econômico-financeiro entre os valores arrecadados e o custo dos serviços.

ANA aprova primeira norma de referência que vai contribuir para fim dos lixões

  1. Edson Souza disse:

    O fim dos lixões é algo que precisa ser acelerado, uma vez que traz problemas para o meio ambiente e consequentemente para nós. Qualquer iniciativa que visa resolver esse problema de lixão a céu aberto é muito bem vindo!

    Aqui mencionamos exemplos do problema causado pelos lixões: https://cestosdelixoelixeiras.com.br/blog-lixeiras/veja-os-impactos-causados-pelos-lixoes-no-meio-ambiente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *