Amupe, TCE e Undime atuam para melhorar números da alfabetização em PE

por Carlos Britto // 19 de março de 2024 às 20:30

Foto: José Bonifácio Lira/Ascom Amupe

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Paudalho (Zona da Mata Setentrional), Marcelo Gouveia participou nesta terça-feira (19) de reunião virtual promovida pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) que analisou os dados do Índice de Comprometimento com a Alfabetização (ICA), e discutiu aprimoramentos à ferramenta, divulgado pelo Tribunal neste mês de março.

O presidente do TCE-PE, Valdecir Pascoal, falou em parceria com os municípios para melhor representar a realidade através do Índice. “A gente entendeu que o Tribunal tinha que orientar, mas também aprender com as gestões. Estamos conscientes de toda a situação, e temos que aprimorar o ICA. Colocamos nossa equipe à disposição dos prefeitos e prefeitas, que terão um contato especializado para preencher as plataformas, calibrar as informações para que possamos medir com mais precisão a situação da alfabetização em nosso Estado“, contou o presidente.

Pascoal não descartou a possibilidade da republicação do estudo, visto que uma série de municípios enfrentaram dificuldades, dentre eles de comunicação e disponibilização das informações. Também participou da reunião a presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de Pernambuco (Undime-PE) Andreika Asseker que destacou o empenho dos secretários de educação na construção do Índice.

Gouveia agradeceu a parceria com o Tribunal e frisou a necessidade de uma reunião presencial, com secretários e secretárias municipais de educação na sede da Amupe com o intuito de estudar os tópicos e trazer assertividade ao Índice. O presidente da Amupe enfatizou que a Amupe vai trabalhar para, junto aos municípios, elevar as perspectivas do ICA. “Ao focar na alfabetização, construímos alicerces sólidos para um futuro mais promissor e com cidadania. A Amupe vai trabalhar para que, juntos, possamos melhorar ainda mais os nossos indicadores“, concluiu. As informações são da Amupe.

Amupe, TCE e Undime atuam para melhorar números da alfabetização em PE

  1. Marcos Macedo disse:

    Difícil olhar de longe e ver a real situação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Srs leitores e, redatores deste conceituado meio de comunicação. Aproveitando para parabenizar, pela matéria postada, pois, é história e é…