Alunos de escola estadual na zona rural de Petrolina clamam por faxineiro

1

Aborrecidos pela falta de limpeza na Escola Malaquias Mendes da Silva, na comunidade do Atalho, zona rural de Petrolina, um grupo de alunos clama encarecidamente pelo serviço de faxineiro no estabelecimento de ensino. Eles lamentam que, pela falta de um item básico como esse, sejam prejudicados.

Confiram:

A nossa Constituição Federal, mais especificamente o Art. 205, afirma que “a educação, é direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Como podemos nos desenvolver, nos prepararmos, quando nos falta algo básico?

Nessa terça-feira, dia 03.07.2018, volta do recesso escolar (seguimos o calendário do município), ao chegarmos à Escola Estadual Malaquias Mendes da Silva (Sede Atalho), nos deparamos com uma situação deplorável. A escola se encontra sem limpeza há mais de 15 dias, justamente pelo motivo de não ter a pessoa responsável pelos serviços gerais na escola por falta de contratação.

As nossas perguntas como alunos são: até quando ficaremos sem aula? Até quando seremos prejudicados nessa Unidade? O que farão a respeito? Até quando a escola ficará dessa forma? São esses os nossos questionamentos e esperamos que isso seja resolvido em breve. Queremos apenas que a escola volte a funcionar normalmente e que resolvam a situação do contrato.

Atenciosamente,

Alunos da Escola Malaquias Mendes da Silva

1 COMENTÁRIO

  1. Pois é…Tantos querendo um emprego digno.
    Se precisar de uma faxineira estou desempregado e já trabalhei no ramo da limpeza.
    Vocês me ajudam e eu ajudo limpando a escola…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome