Alepe aprova estado de calamidade pública em Pernambuco

9
Plenário da Alepe , no Recife. (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou, na terça-feira (24), os projetos encaminhados pelo governador Paulo Câmara (PSB) em relação ao combate ao novo coronavírus (Covid-19) no Estado. Todo o trâmite foi feito via e-mail, tanto na apreciação pelas comissões, quanto nas sessões ordinária e extraordinária.

Entre as medidas decididas pela Alepe está o reconhecimento formal do estado de calamidade pública para Pernambuco e para o município do Recife, abrindo uma condição fiscal excepcional para que a gestão atue concentrando recursos no combate ao Covid-19.

Foi aprovada ainda a criação do Sistema de Deliberação Remota (SDR), permitindo que os deputados possam analisar as próximas proposições numa plataforma virtual, transmitindo toda a interação por meio da TV Alepe e do YouTube.

A votação dos decretos legislativos 02/2020 e 03/2020, que reconhecem o estado de calamidade pública, respectivamente, de Pernambuco e do Recife, teve o mesmo quantitativo de votos: 45 favoráveis e uma abstenção. Ambos já passam a vigorar desde a aprovação na sessão ordinária, já que não carecem de uma segunda votação. As próximas votações passam a ocorrer no novo sistema e acontecerá conforme determinação da Mesa Diretora, em função da demanda de projetos forem apresentados à Casa de Joaquim Nabuco. (Fonte: Folha PE)

9 COMENTÁRIOS

  1. Governadores e prefeitos se aproveitando da miséria dinheiro público. Isso dá a eles direito de gastar nosso dinheiro como quiser. Acho que vão gastar nas eleições municipais.

    • O problema da Itália vai muito além disso.
      Vá estudar um pouco!

      O Ministério da Saúde italiano divulgou novas estatísticas envolvendo a COVID 19 no país.
      Os dados referem-se *até 17 de março* (antes de ontem).

      A _idade média dos mortos_:
      – do sexo masculino é de *79,5* anos.
      – para as mulheres, *83,7* anos, sendo que apenas _30% das vítimas são mulheres_.

      A vítima em média tinha *2,7* outras _doenças graves_ *antes* de contrair o vírus; *48,5%* tinham três ou mais doenças. Apenas três pacientes (0,8 %) não tinham outras doenças antes.

      *Câncer, doenças cardíacas* e *hemorragia cerebral* foram algumas das doenças anteriores encontradas.

      Até 17 de março *17* pessoas com *menos de 50 anos* _morreram_:
      – 5 tinham menos de 40 anos;
      – todos eram homens;
      – todos com doenças anteriores graves; e
      – problemas de saúde mais comuns: pulmonares, doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade severa e outras.

      Ninguém com menos de 30 anos morreu.

      Dos falecidos, *71,1% são da Lombardia*, seguida pela região de Emília-Romana (17,3%); Vêneto (3,9%); Piemonte (1,8%); e Ligúria (1,1%.).

      Curiosamente, todas as outras regiões têm menos de 1% do total de mortos…

      http://www.salute.gov.it/nuovocoronavirus

      • Então porque é idoso pode deixar morrer. Para os idosos que não saia de casa, quem trouxe o vírus?? Como controla a proliferação do vírus sem um mínimo de isolamento social?? O problema é que no nosso Pais é tudo extremo, nada pode ter um bom senso, se liberar alguma coisa com uso controlado para não aglomerar, no outro dia está tudo cheio. Para liberar quase tudo é muito simples. Basta o governo (digo federal, estadual e municipal) testar quase toda população e isolar em quarentena todos que estão com vírus. É só fazer isso. Desta forma pode liberar todos os outros. O problema, é que tudo vira política e politicagem no Brasil. Não importa o que Bolsonaro fizer ou disser – Quem o apoia vai ser sempre a favor, e quem é contra vai ser sempre contra, mesmo que seja uma solução excelente. Esse é o problema do nosso País. As pessoas não vão pelo bom senso, vão pela torcida política. Muitos aplaudiram o fim da quarentena e reabertura das escolas, mas não tem coragem de enviar seus filhos e netos as escolas e muitos são totalmente contra reclamam da quebradeira. Não existe a busca de uma solução boa para todos, aquela que cause menor impacto e risco a saúde e a economia. O que se tem é alguns querendo que o Presidente se de bem e outros querendo que o presidente se de mal. E a população em vez de se unir, se divide nessa briga política.

  2. Isso ai era o que os Governadores mais quer.
    Porque eles não precisa prestar conta do Dinheiro da União.
    A briga toda com Bolsonaro é por conta disso ai… Bolsonaro sugeriu que o Exército Brasilero venha gerir esse dinheiro em prol da Sociedade.
    Ai os Governadores acharam que Bolsonaro desrespeitou a eles Governadores….
    A vdd de tudo é que o nosso Presidente não confia nos Governadores.

  3. Ai eles correram e aprovaram na carreira o Estado de Calamidade.
    Os Goveenadores estão loucos pra.meter a mão nesse dinheiro da União.
    Esse dinheiro é pra compra de insumos e o pagamento da ajuda de custo pra as pessoas que trabalham como autonomo.
    Bolsonaro não confia nos Governadores.
    Porque esse dinheiro eles podem gastar com que quiser sem prestar conta com a União.

  4. Defensor da liberdade sua era ja passou…Cai fora otário..
    Vc defende ladrão porque ja fez parte de muita coisa errada … ai vem aqui me dizer que sou inginorante …vcs politocos pensam que a gente não entende dos roubos de vcs…
    Vcs politicos se aproveitam da desgraça do povo pra se apuderar do dinheiro do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome