Afogados da Ingazeira: Projeto prevê uso de pulseira de identificação para testados positivos com Covid-19

0

Em Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú, o promotor de Justiça, Lúcio Luiz de Almeida Neto, anunciou uma medida que está sendo analisada pela gestão municipal, sobre o início do uso de uma pulseira identificando pessoas que testarem positivo para Covid-19 no município. A medida, que foi usada em Nova Granada, no interior de São Paulo, tem sido elogiada e aprovada por boa parte da população de Afogados.

O programa A Tarde é Sua da Rádio Pajeú perguntou a 66 pessoas o que achavam da proposta, todos aprovaram, apesar de algumas questionarem a eficácia do cumprimento por parte dos infectados. “E se a pessoa tirar a pulseira”, questionou um ouvinte. “E se a pessoa esconder com uma camisa de mangas longas, ou de outra forma?”, questionou outra.

Segundo o promotor Lúcio Almeida, em casos de descumprimento, a prefeitura prevê uma multa de R$ 300 caso o paciente retire a pulseira por conta própria. A autuação pode ser dada caso o cidadão seja flagrado em locais públicos, violando o isolamento. O promotor afirmou ainda que descumprimentos serão enquadrados como crime com base no Artigo 268 do Código Penal, por expor outros a risco de contágio. É aguardar as próximas decisões. (Com informações de Nill Júnior)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

um + 14 =