Aero Cruz diz que paralisação parcial em reforma da Câmara de Petrolina foi apenas para “readequar” projeto

1
Foto: Iury Aragão/Ascom CMP divulgação

O vereador Aero Cruz (MDB), atual presidente da Casa Plínio Amorim, minimizou algumas questões relacionadas à reforma estrutural na sede do Legislativo de Petrolina, que foi parcialmente interrompida. Aero explicou que a paralisação foi de ordem técnica, apenas para “fazer readequações” ao projeto inicial.

Mesmo assim Aero destacou que o dinheiro deixado em caixa pelo seu antecessor, Osório Siqueira (MDB), no valor de R$ 450 mil, já está direcionado para outros serviços a serem pagos previamente e não pode ser usados para outro fim.

Quando a gente foi acompanhar o contrato, percebeu que tinha mais (obra) a executar do que na planilha. Então, a gente procurou fazer o plenário, o estacionamento de um lado, o gabinete dos vereadores, e segurou uma parte daquela estrutura que será readequada, como também a outra parte do estacionamento, para que a gente possa concluir em outra etapa. Mas vamos, sim, dar continuidade para terminar”, assegurou. Ele acrescentou também que as mudanças no acesso à Casa seguem o modelo da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), bem como a estrutura no plenário e o setor para a imprensa, que ainda serão concluídos.

Outro ponto destacado por Aero foi em relação ao expediente da Casa, que será fechada às tardes e o acesso permitido apenas aos vereadores e funcionários. Aero frisou ainda que, para quitar tudo o que precisa, os recursos deixados por Osório não serão suficientes, mas o repasse mensal do Executivo servirá como complemento – inclusive para a última medição com a empresa responsável pelas obras. A primeira sessão plenária do ano na Casa Plínio Amorim acontecerá hoje (4), a partir das 9h, com acesso limitado de público devido aos protocolos de prevenção à Covid-19.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

treze − nove =