Advogado petrolinense questiona Jarbas Vasconcelos

por Carlos Britto // 22 de março de 2009 às 18:12

Prezado Carlos Britto,

Aproveito a visita do eminente senador Jarbas Vasconcelos, que esteve ausente do palanque político do seu neófito correligionário, eleito pela vontade soberana do povo de Petrolina, prefeito da nossa cidade, no entanto, não se faz de rogado em esgrimir a eleição do mesmo como uma das destacadas vitórias do PMDB, sob a sua liderança, em Pernambuco, para fazer-lhe, de público, uma pergunta: – qual a atitude do senador Jarbas Vasconcelos, então governador de Pernambuco, hoje paladino da moralidade, outrora um destemido lutador pelo restabelecimento da democracia em nosso país, quando o então chefe do DETRAN/Petrolina, o Sr. Rui Amorim, encaminhou aos seus superiores hierárquicos e ao governo denúncias de corrupção na realização de exames de motorista em nossa cidade?

Apurou as responsabilidades ou demitiu sumariamente o denunciante? É importante ressaltar que ninguém mais que o próprio governador da época, conhecia a luta e a história do Sr. Rui Amorim!

Ele foi eleito em 1976, o primeiro vereador de oposição em Petrolina, filiado ao MDB e posteriormente ao PMDB por mais de três décadas.

Companheiro de lutas e fiel escudeiro, quando poucos ousavam receber nesta cidade, hoje tão ilustre visita, o Sr. Rui e outros bravos companheiros, recebiam, com mais frequência, o Sr. Jarbas Vasconcelos!

Dácio Martins Dias
Advogado

Advogado petrolinense questiona Jarbas Vasconcelos

  1. Pascal disse:

    Fui vizinho de Rui Amorim , nessa época – na rua Israel , Areia Branca – e, embora fosse um adolescente lembro de alguns fatos da luta e da eleição dele. Depois não sei o que ele andou fazendo , mas dessa fase da vida dele e da sua luta eu lembro ! Quanto a fraudes no exame de habilitação , continua do mesmo jeitO : PERGUNTE A QUALQUER PESSOA QUE TIROU CARTERIA DE HABILITAÇÃO AQUI EM PETROLINA , NA ÚLTIMA DÉCADA, SE NÃO RECEBEU PROPOSTA DE CAIXINHA DO INSTRUTOR DA AUTO ESCOLA , PARA DAR A ALGUM FUNCIONÁRIO DO DETRAN ??? E ALÉM DO MAIS O DETRAN-PETROLINA , FOI E CONTINUA SENDO UM FEUDO DA FAMILIA CALADO !!!

  2. Ivan disse:

    Caro amigo Dácio, parabéns pelo oportuno comentário, sobretudo no dia de hoje, em que o senador Jarbas Vasconcelos vem a Petrolina e é prestigiado, pelos correligionários é claro, como uma referência ética.

  3. Evita disse:

    Prabéns Dr. Dácio pela lembrança deste fato lamentável. Rui Amorim era o chefe do Detran Petrolina, era aliado do Senador Jarbas Vasconcelos, na época Governador de Pernambuco.
    Foi sumáriamente demitido,por ele,
    porque denunciou fatos irregulares . É preciso de vez em quando rememorar os fatos, mesmo quando eles nos envergonham.
    Este homem que hoje posa para toda imprensa brasileira, clamando moralidade, chamando a atenção para o combate à corrupção ( o que é de fato necessário) demitiu o seu Diretor na época, porque ele falou demais. Bom também é lembrar o perfil de Rui Amorim. Inteligente, extremamente coerente. Nunca negou a sua história, fez política com paixão e com amor. Foi como o seu aliado Jarbas, fundador do MDB.
    Foi descriminado por sua opção política, aqui, na época.Era quem recepcionava Jarbas nesta cidade.

    Tem uma hisória que o deve orgulhar, que o então governador Jarbas
    a manchou com as cores de uma demissão, a única de sua vida, em inúmeras funções que ele exerceu em sua vida pública.
    É um homem de mãos limpas. Senador Jarbas, combater a corrupção é obrigaçao de todo homem público, seja ele governo ou situação.
    Por que o Sr. não quis combater a corrupção quando era Governador, a ponto de demitir o Sr. Rui Amorim ???
    E agora torna-se um guardião da Moral???

  4. José Valter disse:

    Bem lembrado este fato acontecido em petrolina, como amigo tanto de Rui Amorim como de Dácio apesar de não nos vermos aproximadamente uns cinco anos, sei que Rui comeu o pão que diabo amassou por ter feito essas denúcias, na época, ao ministério público e ao governo do estado. O prémio que recebeu do governo foi a sua demissão da Ciretran de Petrolina.

  5. Cancão disse:

    É melhor fechar o Detran de Petrolina porque a maracutáia continua do mesmo jeito.

  6. Alex disse:

    Dacio,

    por onde anda o seu primo Sargento Quirino, derrotado nas ultimas eleições?

    Jarbas não deve explicações ao senhor, meu caro.

    Jarbas não deu as caras na campanha de Petrolina assim como o seu primo quirino nao assumiu publicamente os seus candidatos a senador e governador quando ele era candidato a Dep. Estadual.

    Vamos cuidar do nosso terreiro antes de falar mal da casa dos outros!

  7. Pe. Antonio Moreno disse:

    Bravo! Dácio! Esperava que alguém com mais propriedade tivesse a feliz lembrança e fundamentos bem sólidos para questionar a atual posição do Senador Jarbas Vasconcelos. Muito apropriada sua colocação coerente com o que Jarbas tem feito nesses ultimos dias, denunciando a corrupção inclusive dentro do seu partido. E mais apropriada ainda por trazer à memórias Rui Amorim com sua história de luta pela democracia e transformação social. Espero que outros se inspirem em sua postura e passem a paricipar do debete de idéias……
    Bravo!

  8. AMIGO DA ONÇA disse:

    O SENADOR JARBAS FOI DIRETAMENTE RESPONSAVEL PELA DEMISSAO DO SR RUI AMORIM, A LIGAÇAO POLITICA DO SENADOR COM O DEMITIDO NAO JUSTIFICAVA DE MANEIRA ALGUMA A DEMISSAO SEM APURAÇAO DA DENUNCIA, NO MINIMO UMA INVESTIGAÇAO MAIS APURADA CERTAMENTE IA LEVAR A ALGUMA CABEÇA MAIS PROXIMA DO GOVERNADOR NA EPOCA, LA PELAS BANDAS DO RECIFE. ALGUNS AMIGOS MAIS PROXIMOS DAO CONTA DO SR JARBAS VASCONCELOS COMO UMA CRIATURA MUITO RAIVOSA! O EXEMPLO ESTA MUITO PROXIMO COM OS ULTIMOS ACONTECIMENTOS…
    NESTE JOGO AO PREFEITO DA NOSSA TUPINIQUIM, PETROLINA, QUE ACOMPANHA O NOBRE SENADOR VAI FICAR O AMOR E O CARINHO DO GOVERNO FEDERAL PARA COM AS NOSSAS CAUSAS, PRINCIPALMENTE APOS O PRESTIGIO DO SENADOR NA CAPITAL FEDERAL!
    EU NAO ESTOU NEM AI,
    EU SOU AMIGO É DELA!!!!

  9. ATENTO disse:

    De muito boa lembrança esse acontecimento com Rui Amorim, Dácio! É preciso rememorar os fatos para que uns e outros não cantem glórias hj esquecendo que teve oportunidade de fazer maispunindo a quem praticou corrupção e, além de se calar, cometeu a injustiça de penalizar um inocente. Lamentavelmente, Jarbas está seguindo o mesmo caminho de Roberto Freire, o do esquecimento por parte da sociedade.

  10. TRISTES TRÓPICOS disse:

    Por que terceromundistas insistem na tese de envolver familiares em relações políticas? Seria devido o fato de oligarcas plutocratas terem dominado o cenário da politica brasileira notadamente na periferia e ai leia-se Petrolina com suas politicas clientelistas?
    qual o nível de escolaridade do individuo alex?

  11. Sertanejo disse:

    Petrolina, nos últimos 30 (trinta) anos, apesar de bafejada pelos ventos da modernidade, teve o seu espaço Político (com “p” maiúsculo) relegado a planos mais que inferiores.

    Porém, os que recordam os difíceis tempos da supressão democrática e que viveram nesta cidade facilmente identificam no Sr. RUI AMORIM um exemplo de dignidade e coerência.

    Mesmo assistindo num plano privilegiado à ascensão do seu partido (PMDB), nunca se enturmou com aqueles que viam na vida pública um espaço de redenção à sua miséria (material e espiritual).

    Rui Amorim, em todas suas as passagens pela administração , soube dar o trato e a distinção adequadas ao interesse público, vindo daí o respeito de que desfruta entre os que lhe conhecem.

    O que posso dizer aos petrolinenses é que, embora não possa parecer, a política petrolinense desfrutou de momentos de dignidade, nos quais o Sr. Rui Amorim foi um valioso protagonista.

    Quanto ao Sr. Jarbas Vasconcelos, talvez o seu grito pela moralidade, antes de mera modulação de rasteiro marketing político, seja um espasmo de remorso pelos atos praticados no passado mais recente, dos quais são exemplos a IMORAL situação da segurança pública durante os seus DOIS governos, a IMORAL situação da saúde pública em seus DOIS governos e a IMORAL situação da educação pública em seus DOIS GOVERNOS.

    E por falar em imoralidade, veja-se ainda o gasto como publicidade nos seus DOIS governos. Feitas as contas, a propagando oficial do suposto paladino da moralidade custou quase o mesmo valor da duplicação da BR-232, trecho RECIFE-CARUARU, num curioso caso em que um governo estadual assumiu o custo de uma obra federal, a despeito de contar com um Presidente da República aliado.

    Pois é, tanta IMORALIDADE no trato da coisa pública talvez tenha provocado em JARBAS VASCONCELOS uma comichão de “mea culpa”.

    Mas foi breve. Já passou! Ele continua no PMDB!

    Paciência e olho vivo, caros leitores.

  12. K H DÃO MALA KIA disse:

    QUERIDO DÁCIO.
    MEU AFETUOSO PARABÉNS PELO SEU COMENTÁRIO.
    RUI AMORIM É UMA CIDADÃO.

    FORA JARBAS …………………….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *