Acusado de participação na morte das duas jovens confessa: “Não houve estupro porque uma estava menstruada”

3

lucas-conceicao-santos-whatsapp-videoApós a prisão na manhã de hoje (8) de dois acusados de assassinar as adolescentes Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha, de 19 anos, no Distrito Industrial de Petrolina na última segunda-feira (5), vazou na internet um vídeo no qual um dos elementos, Lucas Conceição Santos, de 38 anos, revela detalhes do caso. Segundo ele, seu comparsa, Lindolfo Nunes da Silva, conhecido como “Dolfinho”, de 40 anos, teria lhe chegado para, juntos, roubarem os celulares das vítimas, Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha.

Ele [Dolfinho] me chamou para ir tomar o celular das meninas. As meninas foram por uma rua, nós fomos por outra. Ele deu uma gravata numa e disse: ‘Se uma correr, eu mato a outra’. Aí desceu pro mato… chegado lá, ele mandou ela tirar a roupa para ela não correr. Ele tentou estuprá-la, mas ela estava menstruada”, disse, no vídeo.

Segundo informações, Bruna e Taiane costumavam passar pelo local diariamente para o trabalho. Na manhã da última segunda, no entanto, elas não chegaram à empresa. Preocupados, os familiares decidiram procurar a polícia. Os corpos das duas jovens foram encontrados no final da manhã, num matagal. Elas foram mortas a facadas. Mais detalhes sobre a prisão dos dois suspeitos do crime serão repassados durante uma entrevista coletiva prevista para esta sexta-feira (9), em hora e local a ser definidos até a tarde de hoje. (foto/reprodução WhatsApp)

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma pequena e modesta sugestão para fazer com esses delinquentes: Primeiramente procure um formigueiro onde habitam aquelas formigas que gruda e morde,depois retalhe com bisturi perna,braço mas é coisa pouca não é para sangrar e por fim coloque-os bem amarrados próximo ao formigueiro e deixe por lá um dia inteiro, depois recolha-os e leve ao lago de sobradinho(mas antes veja se a piranha) havendo mergulhe eles bem devagar, mas bem devagar mesmo. Depois retire e exponha em Praça Pública

  2. não sou a favor de pena de morte, tenho filhos mas um crime desta naturesa não pode ficar em pune, é preciso que os senhores que fazem essas leis que não funcionam, e quando funcionan, encontra-se brexas tornando tais leis sem efeito algum, barbaros dessa espécie, deveriam ser jogados em alto mar, para que morrecem pensando na estupdez que praticaram…

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome