Acusado de matar companheira em Lagoa Grande é condenado a 21 anos de prisão

1
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em júri popular durante todo o dia de ontem (26), realizado na Câmara de Vereadores de Lagoa Grande, Sertão do São Francisco, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), condenou a 21 anos de prisão Josenildo Cardoso da Silva pelo feminicídio de sua companheira, Eliene da Silva Bezerra. Ele foi reconduzido para Presídio Regional de Santa Maria da Boa Vista, na mesma região.

Na porta da Câmara de Vereadores, amigos e familiares exibiram cartazes com frases contra a violência doméstica e o feminicídio.

Em 6 de dezembro de 2016, Josenildo Cardoso Silva, então com 37 anos, foi acusado de matar Eliene a facadas dentro da residência do casal, em Lagoa Grande.

1 COMENTÁRIO

  1. Sou irmão de Eliene. o correu muito bem o júri foi favorável e o promotor fez valer a lei e cumpriu com seu dever de ante do processo dos fatos narrados, e a lei foi exercida claramente e justa e os jurados também entenderam o processo e deram o seu voto certo condenam o réu.
    Mas o júri aconteceu na segunda 25 de novembro. não no dia 26

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome