Ação inédita viabiliza oficinas culturais a alunos da rede municipal de Juazeiro

por Carlos Britto // 10 de novembro de 2022 às 22:00

Foto: Luan Medrado/Ascom PMJ/Seduc

Uma iniciativa inédita da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) da Prefeitura de Juazeiro permitiu aos alunos do 6º e 7º anos do Ensino Fundamental II, da rede municipal de Juazeiro (BA) das Escolas de Tempo Integral Paulo VI e Cívico-Militar Caic Misael Aguilar, concluíram neste mês a participação no projeto “A arte de contar histórias para formação de contadores de histórias na escola”. A entrega de certificados da primeira turma, que contou com 70 estudantes, ocorreu ontem (9), na Escola Caic Misael Aguilar, e nesta quinta-feira (10), na Escola Paulo VI.

Ao todo, foram realizados 10 encontros, incentivando a utilização da ‘contação de histórias’ como ferramenta de formação educacional, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo e social dos estudantes, usando com intencionalidade, a leitura, música, dança, ludicidade e histórias interativas que trazem entusiasmo e dinamicidade para o processo de ensino-aprendizagem, atuando como aliadas no desenvolvimento linguístico, oral e comunicacional dos alunos.

Segundo o assessor de Formação da Seduc e também contador de histórias, Willian Fernando Soares, a iniciativa traz diversos benefícios para os alunos, entre eles, o desenvolvimento e hábito da leitura. “A arte de contar histórias está diretamente aliada à formação leitora para desenvolvimento da linguagem e da comunicação no processo de leitura de mundo, valorizando e potencializando a arte litero-narrativa, otimizando o espaço da biblioteca nas escolas e aperfeiçoando a leitura através do próprio processo de contar histórias, experimentando técnicas de voz, de corpo e mediação da leitura“, comentou.

Estudante do 6° ano da Escola Cívico-Militar Caic Misael Aguilar, Wendy Roxely comentou sobre as contribuições da aprendizagem de técnicas para contação de histórias. “A oficina de contação de histórias me ajudou a ter mais segurança para falar, me expressando melhor, e ficando menos tímida para falar em público“, avaliou Wendy.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.