Pastores Evangélicos de Petrolina irão se unir aos comerciantes em protesto contra novas medidas de restrição

18

A União de Pastores Evangélicos de Petrolina (UPEPE) decidiu, após reunião nessa sexta-feira (19), que vai se unir aos comerciantes em manifestações contra o novo decreto do Governo de Pernambuco, que estabelece medidas mais rígidas de restrição de atividades e isolamento sicial.

Os protestos que tomaram as ruas durante a última quinta (18) e sexta-feira em Petrolina terão continuidade na próxima semana. A decisão foi tomada pelos comerciantes da cidade e apoiada por boa parte dos pastores evangélicos, que irão se juntar a eles nesta segunda-feira (22) às 8h30.

De acordo com presidente da UPEPE, Natal Hudson, os pastores estarão intercedendo pelo fim da pandemia e orando pela sobrevivência da economia na cidade. “O comércio é vida e a igreja é cura. Se não houver emprego, as pessoas ficam miseráveis e se não houver oração, as pessoas ficam doentes“, declarou.

18 COMENTÁRIOS

  1. Os dízimos não estão chegando, então os pastores estão preocupados.

    Lamentamos pelo comércio que precisa funcionar. Os comerciantes têm cumprido as normas. O problema está na desobediência da população.

    A situação não está fácil pra ninguém.

    • As igrejas estão recebendo os dízimos normalmente. Estamos na era digital: pix, transferência eletrônica, etc. Ao invés de fazer insinuações caluniosas sobre pessoas que você não conhece, que tal procurar ouvir os argumentos do movimento, e questionar de forma racional e civilizada?

      • Não sei pastor se o senhor conhece MT 6:6 Mas, quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.

        Não precisa criar mais aglomerações para orar.

        Aí está a receita da oração, pelo menos a bíblica.

  2. Estás medidas restritivas são inconstitucional, pois impede as pessoas de trabalhar e desta feita sustentar os seus. É difícil para um pai de família que depende do seu trabalho escutar está frase # fique em casa, não dá.

  3. Meu Deus!! Que loucura desses pastores !! Só podem estar brincando!. Alguem da familia de voces já perderam a vida por conta dessa pandemia? Acredito que não., porque se fosse o contrário, com certeza , todos estariam de acordo. Deixem os fiéis em casa e façam suas orações a Deus para acabar com essa pandemia e reforcem aos seus súditos que façam o mesmo. O emprego , meu irmão, a gente luta e consegue reverter, más a vida, NÃO. Pensem nisso. Ou será que voces estão preocupados pelo dinheiro que não está entrando no cofre de voces? Hoje, na França, o governo determinou lockdown pela quarta vez durante 04 semanas e todos estão de acordo, porque lá, não há governo genocídio como nós temos. Rezem por esse governo que medíocre que temos, uma mudança radical de atitudes e teremos boas coisas .

  4. Lutar pela vacina, pela ciência e protestar contra o governo federal que desde sempre foi contra o povo se vacinar, isso eles não protestam! Só a vacinação em massa vai fazer o comércio voltar ao normal, as igrejas voltarem a funcionar e vida seguir… Que tal a campanha e protestos por VACINA EM MASSA JÁ!!! Mas nãããooo… é mais fácil querer que tudo abra e funcione com números assustadores de mortes por dia e hospitais lotados! Afinal, assim como o presidente, muitos são negacionistas e não acreditam nas vacinas!

  5. Eu testei positivo depois que a mãe de um colega de trabalho foi a um casamento evangélico e se contaminou após pedirem pra tirar a mascara na hora da foto. Eu não estava no casamento, peguei no trabalho em Petrolina e passei pra 4 familiares aqui em Juazeiro. Esses pastores estão pensando só em dinheiro assim como os comerciantes esqueceram que tem família e podem perder a vida.

  6. Óbvio. Se são comerciantes da fé, devem se juntar aos comerciantes. Se eu fosse comerciante, não aceitaria. Comerciante paga imposto, igreja não paga imposto e teve essa semana o perdão de dívidas astronômicas com a jogada da derrubada do veto de Bolsonaro, que negocia com as igreja e para com dinheiro público, com perdão de dívidas das igrejas. É por isso que a casta de pastores fraudulentos estão conluinhado com esse governo.

  7. Escribas e fariseus hipócritas. Ensinam nas igrejas que devemos obedecer as autoridades constituídas, porque foram instituídas por Deus e são ministros de Deus e fazem o contrário, em nome do deus deste século, o dinheiro. O coronavírus veio também para mostra quem é quem, eis o que vemos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

18 − 14 =