A exemplo de Juazeiro, vacinação contra H1N1 está suspensa em Sobradinho até chegada de novas doses

0
Foto: Ascom PMS/divulgação

Em Sobradinho, norte da Bahia, a Secretaria de Saúde iniciou ontem (24) a Campanha de Vacinação contra o H1N1 para pessoas acima de 60 anos, profissionais de saúde, pessoas em privação de liberdade e trabalhadores da delegacia. Mas a exemplo do que ocorreu em Juazeiro, as doses se esgotaram ainda no primeiro dia.

O fato frustrou tanto os profissionais envolvidos na campanha quanto o público-alvo.

Recebemos 1.100 doses para vacinar idosos, indígenas trabalhadores da saúde e da segurança, isso não representa nem 50% do público-alvo. Essa meta é definida pelo Ministério da Saúde, em função de médias de campanha de vacinação, então nós temos 2.309 idosos, 278 trabalhadores de saúde“, declarou a Secretária de Saúde, Maysa Sanjuan. A vacinação foi suspensa até que cheguem novas doses.

De acordo com o coordenador do Núcleo Regional de Saúde-Norte, Pedro Alcântara de Souza, a distribuição está sendo feita de forma parcelada. “O Ministério da Saúde está mandando, parceladamente. Os carros estão dormindo na fila em Salvador. O problema é que temos vários dias para vacinar, e o fluxo foi muito concentrado, hoje (24). Há uma previsão de chegar outros lote hoje, a meia noite, mas não sabemos ainda a quantidade. Às 3 horas da manhã estou mandando outro carro para abastecer a região. Sobradinho recebeu cerca de 1100 doses, mas também houve um grande fluxo em um só dia. Logo que chegue o novo lote, receberá a segunda parcela, mas só saberei a quantidade quando chegar, pois o rateio é proporcional à população“, justificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome